Segunda-feira, 18 de Agosto de 2008
por Daniel Oliveira



O ouro era excelente, a prata foi óptima. Ou, como disse um mítico Venceslau Fernandes, pai da atleta, "foi uma grande vitória para Perosinho".

por Daniel Oliveira
link do post | comentar | partilhar

33 comentários:
Pinto
Concordo Ibn Erriq (15:19).

Dos atletas portugueses só desejava duas coisas: que dessem o seu melhor e que quando perdessem não tivessem um comportamento igual ao de Telma Monteiro e João Pina, Marco Fortes, luís Rocha, etc.. Ao menos saibamos perder.

As desculpas lusitanas:

“Muitas vezes esses países não se mostram muito, não aparecem para não serem controlados no doping. Vemos evoluções brutais (em atletas) e a nível de força ainda se nota mais. Por isso se calhar até é essa a razão (…) Quando em certos cargos estão pessoas de nacionalidade com quem estamos a lutar, os árbitros às vezes sentem-se um bocado pressionados e isso talvez possa acontecer um bocado aqui no judo” (João Pina)

“Não tivemos uma competição justa. Lutei um pouco contra os árbitros. Saí com vontade de rir. Pensei que estava a lutar contra quatro pessoas. Mas nem quero dar isso como desculpa. Quando estamos num dia para ganhar, entramos e projectamos a outra pessoa por Ippon se for preciso, mesmo que os árbitros não estejam a ajudar (…) Há coisas que para mim não estiveram bem, mas a verdade é que elas me projectaram e souberam jogar com a arbitragem. Se calhar o erro é meu que quero projectar. Infelizmente parece que é um erro querer ganhar, mas é um erro que vou ter sempre” (Telma Monteiro)

"Nós alegámos que a peça limitava a amplitude dos movimentos da cana do leme, que acabou mesmo por partir. Em nosso entender, a cana do leme só partiu porque a peça lá estava. O júri de regatas não entendeu assim e alegou que a cana do leme só partiu porque eles (velejadores) fizeram um movimento brusco demais". (Luís Rocha, velejador)

A MELHOR:
Marco Fortes citicou o horário da competição. Diz que a essa hora deveria era estar na "caminha com as pernas esticadinhas a descansar".


SE ESTIVESSEM CALADINHOS

O problema é que muitas "vedetas" portuguesas não fazem ideia da forma meticulosa, obsessiva e dura com que muitos atletas encaram os JO.

O povo portugues também não é exigente com os atletas olímpicos (como o são outros povos). Para quê andar a "inventar" desculpas?

deixado a 18/8/08 às 16:54
link | responder a comentário

nuno oliveira
O Daniel deve estar a precisar de férias .... Já acha graça ao nacional porreirismo, vide as afirmações do jovem do peso.... depois esta graçola sobre o pai da Vanessa ...um mitico venscelau...
Sinceramente, eu sei que estamos na season dita parva mas não era necessario......tanta parvoice!

deixado a 18/8/08 às 17:15
link | responder a comentário

Minhoto
É pá! Pensei o mesmo em relação ao Sócrates que o
Emanuel. Que parasita!

deixado a 18/8/08 às 17:55
link | responder a comentário

João
Pois, é muito giro criticar nos blogs. Quantos dos críticos aqui se sujeitariam a comparar as suas performances com os melhores do mundo? Quantos dos estudantes, professores, engenheiros, advogados, operários, jornalistas, etc, que por aqui criticam seriam apurados para uns jogos olímpicos da sua profissão? E quantos estariam entre os 50 melhores do mundo, como os nossos desportistas têm estado? Santa paciência!

deixado a 18/8/08 às 18:25
link | responder a comentário

ana
O que eu mais gosto, é que foi uma mulher que conquistou (até agora) a unica medalha olimpica nacional!

deixado a 18/8/08 às 18:37
link | responder a comentário

O meu comentário não menospreza a vitória da Vanessa.
Agora: acho que apesar da desculpa hipócrita com os Governos, o pretexto que Você invoca, Joana, os atletas deveriam ter carácter e têm, certamente, opiniões. Eu subia ao podium com uma bandeira do Tibete. Se lá fosse, o que duvido. Ninguém lá foi obrigado a pactuar com a farsa olímpica chinesa.
Esqueça o Senhor. Ou PR ou Doutor. Escolha.

deixado a 18/8/08 às 21:03
link | responder a comentário

O Psiquiatra de serviço
Até parece que quem sobe ao pódio (e não leva a bandeira do Tibete) é a favor da repressão chinesa. Há atltetas (e olhe que são a maioria) que não têm nem querem ter nada a ver com política, limpaou suja.
O PR sempre pode subir ao pódio, ou a um avião e atirar-se de páraquedas com a bandeira do Tibete. obrigar o outros é que não.

deixado a 18/8/08 às 21:29
link | responder a comentário

Joana
Eu acho que os atletas, queiram ou não ter a ver com política (o que concordo com o Daniel, têm obrigatoriamente, como o temos todos nós), levam uma vida inteira a preparar-se para uma oportunidade como os Jogos Olímpicos. Parece-me egoísta que nós, portugueses, exijamos que, para além de nos representarem como país, os atletas ainda abdiquem de ver o seu esforço reconhecido, para exibir uma bandeira que não adiantará de nada. Todos os outros protestos não adiantaram, porque a China nem sequer admite discutir sobre o Tibete.
Os atletas merecem reconhecimento. É pena que tenha de ser na China.

deixado a 18/8/08 às 22:34
link | responder a comentário

Psiquiatra, os atletas não têm obrigação de fazer nada. Mas desculpe que lhe diga, não há ninguém à face da terra que não tenha nada a ver com a política. Até participar nuns jogos olímpicos organizados por uma ditadura é uma posição política. Pode até ser involuntária ou irrelevante. Mas é.

deixado a 18/8/08 às 22:09
link | responder a comentário

Vou voltar a contar uma história.

Um dia uma regata em Inglaterra, no tempo da Rainha Victoria foi ganha por um barco francês.
E então a Rainha perguntou a um almirante quem tinha ficado em segundo.
Resposta do mesmo:
Ma’am não há segundos lugares!

Vanessa Fernandes ganhou a primeira medalha para Portugal, no caso um segundo lugar quando parecia pela quantidade assombrosa de provas que tinha ganho que o primeiro lugar era garantido.
Mas não foi.

Fez uma preparação caríssima onde nada faltou, estágios em montanha e toda a série de mordomias que fazem parte da alta competição.
E agora, quentinha com a medalha, botou a boca no trombone e desatou a falar mal de muita gente.

Como já disse noutro blog, estas olimpíadas vão ser o Saltillo do tempos modernos.

deixado a 19/8/08 às 00:24
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador