Segunda-feira, 30 de Março de 2009
por Pedro Sales
Se a boçalidade marialva tem permitido a Alberto Gonçalves conquistar espaço regular na imprensa, para quê importunar os leitores do DN ou da Sábado com o vislumbre de um argumento racional? Diz o sociólogo Gonçalves que a lei da paridade permitirá que, “bem ensinadas, talvez as analfabetas do "x" aprendam a comportar-se devidamente no Parlamento”. Há tormentos bem mais pesados que o analfabetismo. Saber ler e escrever e nada mais conseguir demonstrar que a caricatura de uma argumentação lógica é uma delas. As colunas do sociólogo aí estão para o provar. É perfeitamente possível escrever na imprensa sem ter concluído o processo de alfabetização.

por Pedro Sales
link do post | comentar | partilhar

18 comentários:
Agora que o parlamento passou a mais moderno do mundo, os tipos vão estar tão ocupados a temtar perceber as tratas da modernidade que não lhes vai sobrar tempo para se portarem mal ;)

deixado a 31/3/09 às 15:27
link | responder a comentário

Rui Paulino
É dos poucos que escrevem nos jornais ditos de "referência" que diz alguma coisa de jeito, provavelmente virá daí a azia do Pedro Sales...

deixado a 31/3/09 às 17:55
link | responder a comentário

Zombie
O Alberto não me parece esperto mas a lei da Paridade é um puro disparate!
Mai nada!

deixado a 31/3/09 às 18:29
link | responder a comentário

Antónimo
No fundo Alberto Gonçalves aproveita da lei da paridade. Entrou para comentador ao abrigo das quotas para imbecis.

Na minha terra tem um nome um gajo que elogia a tortura do Vitor Jara (esmagaram-lhe os dedos com que dedilhava a guitarra) por ter sido uma benção para a música.

Só não lhe chamo esse nome por que pode ser que a mãezinha dele não tenha culpa nenhuma do ser que criou.

Ele acha que fez uma piada, eu cá acho que tem tanta graça como a crítica literária feita pelos ayatolas iranianos a propósito dos versículos satânicos, do salman rushdie.

deixado a 31/3/09 às 20:51
link | responder a comentário

Antonio Cunha
Mais informo que este senhor por vós considerado um boçal escreve no DN e na Revista Sábado.

Inveja de quê Daniel ????

Olhe de nada, de nada....

deixado a 1/4/09 às 08:58
link | responder a comentário

Sim, inveja de quê?

deixado a 1/4/09 às 09:07
link | responder a comentário

JV
Este post é um exemplo acabado de desonestidade. A frase está totalmente retirada do contexto em que se inscreve, de modo a dar entender que AG teve uma asserção sexista. Que o tal sociólogo não é particularmente engraçado, reconheço-o: mas não é caso, ainda assim, que legitime estas charlatanices.

deixado a 1/4/09 às 10:18
link | responder a comentário

rui
Caro Pedro Sales,
leio-o normalmente com prazer, e discordo grande parte das vezes, quase sempre do conteúdo, raramente do modo.
Por coincidência, hoje li as duas crónicas do Alberto Gonçalves e por isso estou totalmente em desacordo com o que escreve. As posições de AG podem ser excessivas para o seu timbre mas que contribuem para pluralidade e o debate.
Aliás, atacar AG por falta de argumentos não pega pois, a meu ver, são dispensáveis depois de conhecidas as notícias vindas a público acerca das dificuldades em encontrar senhoras para as listas... A mim basta-me esse ponto para considerar a Lei uma imbecilidade.
Já agora, com a qualidade da maioria dos comentadores que temos, parece-me que AG até não figura muito mal; o único problema dele, e de tantos outros, é não "estar do lado certo"...

cpts,

deixado a 2/4/09 às 15:50
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador