Terça-feira, 25 de Novembro de 2008
por Pedro Vieira
é o slogan da campanha da UMAR contra a violência doméstica em portugal, num ano que já conta com 43 vítimas mortais, todas mulheres. a petição assina-se aqui.

por Pedro Vieira
link do post | comentar | partilhar

20 comentários:
balburdio
A questão da violência doméstica, tal como é apresentada crónicamente nos media faz mais mal que bem por esta causa.
A mim deixa-me pior que indiferente, fico desconfiado, leio 2ªs intenções nas entrelinhas, acho que tudo é uma fraude.

Este é o cavalo de batalha do momento, cuja monopolização é disputada pelos partidos de A a Zinko. Os de direita porque, como eu, adivinham sinistras agendas por trás da contenda, os de esquerda para depois meterem tudo no mesmo saco. Confundindo homicidio com palmadas no rabo dos meninos mal comportados.

Com que objectivo?
Querem acabar com as admoestações físicas e psicológicas, querem acabar com o que identificam como o papel educador dos pais, querem acabar com a família como pilar da sociedade.

É o grande, único desígnio da esquerda, na sua saga atroz contra o género humano.

deixado a 26/11/08 às 11:39
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador