Terça-feira, 28 de Abril de 2009
por Daniel Oliveira
Ainda aí mais uma polémica por causa da líder do PSD. Aceita ou não uma solução de Bloco Central? Manuela Ferreira Leite diz que disse que não e Pacheco Pereira já vê situacionismo na interpretação feita por alguns.

A pergunta de Mário Crespo foi clara. A resposta de Ferreira Leite foi isto: "Eu sentir-me-ia confortável com qualquer solução em que eu acredite, em que eu acredite que a conjugação de esforços e, especialmente, a conjugação de interesses, interesses no sentido do país, são coincidentes. Se perceber que o objectivo país não é propriamente aquele que está no centro das atenções, então com dificuldade haverá um Governo que possa contribuir para a melhoria do país"

A única conclusão possível: ao contrário do que muitos pensam, é indispensável, em política, saber usar a língua materna.

por Daniel Oliveira
link do post | comentar | partilhar

39 comentários:
João Pedro
Jiaquim Azevedo:

Não, não quero insinuar isso, mas que ajuda, ajuda. Quando digo que serve o propósito dos pequenos não quero dizer que o façam com esse intuito. Ainda assim mantenho que os média, volta meia volta, fazem uns servicinhos.

Mais uma vez, então agora não posso exprimir opiniões que já tenham sido expressas por outras pessoas anteriormente sem que o sr me venha acusar de estar a copiar alguém? As suas opiniões devem ser de tal forma originais, perspicazes e de dificil concepção que ninguém neste país se lembrou delas anteriormante, um verdadeiro iluminado. As minhas opiniões com certeza já alguém se lembrou delas antes.

PS: Obrigado pela correcção ortográfica.

deixado a 29/4/09 às 22:13
link | responder a comentário

Manuel Monteiro
Senhor Fado Alexandrino
O arrastar repetitivo do seu pensamento indica que ainda não tomou hoje a injecção do costume.
As melhoras...
PS. E, desta vez, não citou o Camões(para nos dar provas da sua sapiência...)

Manuel Monteiro

deixado a 29/4/09 às 22:14
link | responder a comentário

Miguel Gaspar, hoje no Público dá uma grande ajuda na interpretação de A Frase.
Alguns dos senhores devem lê-la muito devagar pois também ela é um pouco complexa.
Aliás toda a frase que tenha mais que três palavras, para muita gente é complexa.
Leva um reparo aos jornalistas.
Não vale a pensa. São inimputáveis.

Na origem da polémica está uma má resposta política da líder do PSD a uma pergunta sobre o Bloco Central que era também sobre a AD. Mas as interpretações subsequentes só tiveram em conta metade da pergunta (o Bloco Central) e metade da resposta. Quem conta um conto, não acrescenta só um ponto - também pode tirá-lo. Portanto, Ferreira Leite disse: "Eu sentir-me-ia confortável com qualquer solução em que acredite numa conjugação de interesses no sentido do país que sejam coincidentes." Mas acrescentou: "Se perceber que o objectivo país não é aquele que está no centro das atenções, então com dificuldade existe um Governo que possa contribuir para melhorar o país."
Tudo lido, o que Manuela Ferreira Leite disse é que poderá estar disponível para coligações, mas não a qualquer preço, mas sem dizer qual é esse preço. Num certo sentido, é uma mera tautologia. E toda a gente considerou prosápia a segunda parte da resposta. Os intérpretes dedicaram-se à análise como um antivírus que reage à presença do vírus do Bloco Central, o que é redutor. Em política, como em virologia, a análise tem de contemplar o todo da amostra.

deixado a 30/4/09 às 08:10
link | responder a comentário

José Peralta 1 Mai 2009 às 2:25

Devia ter lido ainda mais devagar. Melhor ainda, pedir a alguém que lhe lesse explicando ao mesmo tempo.
Se reparar eu não dei explicação nenhuma, limitei-me a transcrever as explicações, e muito boas, dadas por outros.
Vá pôr umas gotas nos olhos.

deixado a 1/5/09 às 09:09
link | responder a comentário

José Peralta
Eh!Pá !Se não fossem as explicações desta luminária que é o Fado Alexandreco,lidas muuuuuiiiitttto llleennntttaaammmeeenntte como o sabichão aconselha,ainda agora estava sem compreender o que a D. Manuela disse que não disse o que disse, mas que disse e não queria dizer !
Porreiro,Pá !

deixado a 1/5/09 às 02:25
link | responder a comentário

croky
Sentido, objectivo e melhoria do país são as ideias principais, no entanto desconexas, da MFL. É o regurgitar da pura retórica política do diz que faz mas não sabe se o faz.

Cada vez mais a política encarrega-se de criar mais perguntas em vez de dar respostas. Isto do bloco central não é só do que mais do mesmo.

Ainda há quem acredite nesta senhora e na sua incapacidade de articular uma ideia de forma objectiva e sem mais da mesma m.... de retórica ?

Só que o sim ou não fica sempre para depois das eleições. Que linda democracia do talvez ...

Pergunta:

Se depois da eleições houvesse um bloco central PS+PSD e se fizesse uma nova votação "à posteriori" sobre a aprovação do mesmo, será que venceria ?

Sócrates+MFL ? Eu já pensei em ir para outro país. Se isso acontecer talvez o faça.

deixado a 1/5/09 às 04:06
link | responder a comentário

José Peralta
Fado Alexandrino-1 de Maio às 9.09

"Falar de maneira hermética para um povinho carregado de ignorantes, ocasiona que esses mesmos ignorantes não consigam interpretar frases que passem para lá do "Não" ou "Sim"-"Aliás toda a frase que tenha mais que três palavras, para muita gente é complexa"-"Isto é um país carregado de estúpidos" etc.

Depois de pôr as gotas nos olhos, dei-me ao prazeroso trabalho de relêr mmmmmmuuuuuiiiitttooo dddeeevvvaaagggaaarrr algumas das suas intervenções, como as "pérolas" que transcrêvo.
Delas infiro que o senhor é possuidor de uma das poucas"superlativas" inteligências que temos, (é Camões, é contabilidade, até consegue decifrar a "hieroglífica" intervenção da D. Manuela!).Por isso,sem querer maçá-lo,pergunto :

Não terá o senhor, (como aliás é apanágio da nobreza e coragem dos iluminados), um resquício de humildade para pedir desculpa aos seus concidadãos, que constantemente apouca e denigre ? (É uma pergunta-não sei se percebeu !!!)e não uma afirmação...

Ah!Já me esquecia! A "maneira hermética" como classifica aquela intervenção da D.Manuela,não passou, isso sim, de mais uma "argolada" da infeliz Senhora ! Cada cavadela cada minhoca,desculpe lá este meu "estúpido" plebeísmo!

deixado a 1/5/09 às 12:54
link | responder a comentário

”Isto é um país carregado de estúpidos”

As gotas fizeram-lhe muito bem
Tão bem que até consegue ver o que não está lá escrito.
O outro apagava pessoas das fotos, o senhor coloca palavras nas frases.
Vai longe.
Mas agora não se canse a responder que este assunto para mim morreu.

deixado a 1/5/09 às 21:33
link | responder a comentário

José Peralta
Esta não é uma resposta a Fado Alexandrino,("o assunto para ele morreu"...) porque se fosse, eu até lhe pedia desculpa, porque conservo o tal resquício de humildade ,que pelos vistos lhe falta !
Com efeito,erro meu, o senhor Fado Alexandrino, não disse a frase "isto é um Pais carregado de estúpidos !
Disse uma coisa abissalmente diferente :-No "post" n.º 12 de 28 de Abr. às 18.45 escreveu : "Falar de maneira hermética para um povinho carregado de ignorantes, ocasiona que esses mesmos ignorantes não consigam interpretar frases que passem para lá do "Não" ou do "Sim"-(como fácilmente se constata, "isto"
não é o senhor Fado Alexandrino, a passar um atestado de estupidez, ao "povinho carregado de ignorantes" !!!
No "post" n.º33 de 30 de Abr às 8.10, escreveu o mesmo senhor :-"Miguel Gaspar,hoje no Público,dá uma grande ajuda na interpretação de A Frase. Alguns dos senhores devem lê-la muito devagar, pois também ela é um pouco complexa. Aliás toda a frase que tenha mais que três palavras,para muita gente é complexa". Como se pode vêr, é esta a douta opinião de Fado Alexandrino, sobre a inteligência dos seus concidadãos.
Pois senhor Fado Alexandrino, se esta resposta fosse para si, eu dir-lhe-ia que agora tenho que reforçar a dose de gotas, por causa da poeira que o senhor tentou atirar-me para os olhos !!!!!!

deixado a 2/5/09 às 02:04
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador