Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009
por Daniel Oliveira
Não é líquido que o Presidente da República aceite todas as combinações aritméticas que o número de deputados e partidos possa permitir para fazer uma maioria. Tem nisso um precedente em Mário Soares, que, após a moção de censura que derrubou o governo minoritário de Cavaco Silva, não aceitou a solução maioritária do PS+PRD que Constâncio lhe propôs.
José Pacheco Pereira

Nota: Mário Soares marcou eleições depois do fim de uma experiência falhada de governo minoritário e não umas semanas depois das eleições. Pacheco Pereira, não contente com a tragédia em que resultou a sua estratégia para o PSD, continua a querer provocar estragos ao seu próprio campo político.

por Daniel Oliveira
link do post | comentar | partilhar

35 comentários:
Cavaquinho
O raivoso do pereira já quer ganhar as eleições na secretaria. muito bom!

deixado a 30/9/09 às 17:56
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador