Segunda-feira, 26 de Abril de 2010
por Daniel Oliveira
Esta reacção ao texto de Isabel Stilwell, em que a colunista avisa para os perigos da degradação da democracia e de como um discurso autoritário pode vingar nestas circunstâncias (usa como exemplo Salazar e o final da I República), mostra como algumas pessoas têm dificuldade em interpretar as coisas que lêem. Pode dizer-se que o simplismo do texto leva a fazer paralelos com pouco sentido e que a sua falta de rigor histórico não tem em conta as forças sociais que então estavam em confronto e as complexas contradições internas em cada um dos campos, incluindo no golpista. Mas a ideia de que citar seja quem for é um acto desprezível, mesmo quando não se manifesta qualquer simpatia pelo citado, é das coisas mais absurdas que já me foi dadas a ler.

por Daniel Oliveira
link do post | partilhar

Hatchet
Que a Isabel Stilwell é exemplo pródigo de uma colunista que usa o editorial de um jornal gratuito de longo (longuíssimo, principalmente no meio urbano) para promover todo o tipo de disparates e de algumas atrocidades que reflectem tão só o esvaziamento ideológico e estrutural que vai dentro daquela cabecinha, isso não é nada que me surpreenda.

Agora mais oco é ainda quem ler aquele texto apenas na diagonal sem ter em conta a estrutura do mesmo. Basta atentar no primeiro e último parágrafo para se perceber o que a senhora queria realmente dizer. E não tem nada a ver com valorização a ideais fascistas, neste caso.

Simplesmente, alguém achou que cortar parte do discurso de uma pessoa (neste caso um fascista... mas isto aplica-se a qualquer outra pessoa ou entidade lírica que se possa citar) para introduzir, corroborar ou rematar uma linha argumentativa, é errado. Achou mal.

deixado a 26/4/10 às 03:00
link | responder a comentário

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Email

Password


Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador