Terça-feira, 30 de Novembro de 2010
por Sérgio Lavos

Duarte Pio compara crise actual à da Primeira República e pede referendo à monarquia.

 

*Ou, por outras palavras, só faltava este para se juntar à festa.

tags:

por Sérgio Lavos
link do post | comentar | partilhar

68 comentários:
O que faz confusão é como é que vocês só dão exemplos de países nórdicos como os locais onde as vossas ideias têm sucesso e negam a monarquia como variável na equação, quando as monarquias são um factor quase omnipresente nos estados sociais bem sucedidos. E está aí parte da razão pela qual o vosso discurso é incoerente.

Se pensarem bem, a monarquia faz todo o sentido numa democracia e foi o Cavaco que me convenceu disso. A defesa dos direitos fundamentais, da unidade nacional e territorial, o poder de fazer a guerra e a paz, não pode estar nas mãos de alguém que aposta nisso a carreira. É um investimento muito baixo, como se vê do caso do Cavaco. Tem que ser alguém que meta lá a vida dele, a dos filhos, dos netos. Mais, não há outra forma de termos alguém que não seja de esquerda ou de direita, do Benfica ou do Sporting (embora quem não é do Benfica não seja verdadeiramente português), nem viva dos impostos(um erro comum é pensar-se que as casas reais vivem dos impostos).

Por isso, a monarquia 

deixado a 1/12/10 às 09:27
link | responder a comentário | discussão

Rui F
"...em que ser alguém que meta lá a vida dele, a dos filhos, dos netos..."
Boys+girls....MAIS do mesmo?
Nesmo quando o banana foi elevado ao trono contra a vontade dos subditos.

"...(um erro comum é pensar-se que as casas reais vivem dos impostos)..."
De quem era a terra inicialmente??


Reaccionário
""...(um erro comum é pensar-se que as casas reais vivem dos impostos)..."
De quem era a terra inicialmente??"

E mesmo sem contar a terra, as casas reais realmente não recebem nada do erário público. Por exemplo a Britânica recebeu em 2008/2009 41,5 milhões de libras (a que se somam os custos de segurança que ficam nas contas das forças policiais): http://news.bbc.co.uk/2/hi/uk_news/8124022.stm

Ali ao lado em Espanha o valor era de 8 milhões em 2006  e quase 9 em 2009 e 2010 (http://www.casareal.es/laCasa/laCasa-iden-idweb.html - a fonte é um bocado obscura, é uma tal de «Casa Real»).


O Cavaco recebeu 21 milhões. Os actos oficiais em que as famílias reais participam são pagos.


da Maia
Tonibler,
você não se enxerga nem um milímetro!
Andava aqui há uns tempos a bem dizer a Espanha, ora pois lá tem um exemplo de monarquia sob ataque mercantil.
E a sua Irlanda?
Vá lá para a Finlândia, que é o único buraco que resta para o seu desplante.


Porra, o que é que isso tem a ver com a conversa?

deixado a 1/12/10 às 19:50
link | responder a comentário | início da discussão

Reaccionário
Outro que precisa de umas boas leituras sobre relações causais.

"O que faz confusão é como é que vocês só dão exemplos de países nórdicos como os locais onde as vossas ideias têm sucesso e negam a monarquia como variável na equação,"

O argumento é tão forte, mas tão forte, que basta ir a um desses países nórdicos et voilá, a Finlândia. Oops, lá se foi a teoria.


Curioso. Um.


Reaccionário
Um conselho: quando apresentar uma hipótese baseada em estudos de casos, se 25% desses estudos de caso falharem há qualquer coisa errado com essa hipótese.


- Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte
- Luxemburgo
- Espanha
- Andorra
- Mónaco
- Suécia
- Noruega
- Dinamarca
- Bélgica
- Países Baixos
- Lichtenstein

são as monarquias da Europa mais ricas que Portugal

-

são as monarquias da Europa mais pobres que Portugal


Reaccionário
Já chegamos a algum lado. Já passamos de países nórdicos a países europeus.
Mas diga-me uma coisa, não há república europeias mais ricas do que Portugal?
Oops, lá se foi outra hipótese.


Há. Mas não era você que não fazia estudos de caso com 25% de casos a negar e faz com 75%??? Eu dei-lhe um com 100%, não existem monarquias mais pobres que Portugal na Europa.

deixado a 2/12/10 às 09:39
link | responder a comentário | início da discussão

tonibler, ponha lá o nome de todas as dezenas de monarquias do terceiro mundo, despóticas e iluminadas, que também ficam muito bem ao lado dessas.


xico
Despóticas e iluminadas, no terceiro mundo, são mais as repúblicas que as monarquias.
Esta não lhe saiu muito bem.
Como dizem os nórdicos, quem melhor defende a república é o rei.
Esta é uma discussão absolutamente tola.
Chamar maluco a quem gosta da monarquia é uma imbecilidade.
Rei ou presidente, são bons quando cumprem a sua função.
É o mesmo que discutir entre usar collants ou ceroulas, para proteger do frio. Ambos o fazem.

deixado a 2/12/10 às 08:50
link | responder a comentário | início da discussão

Bem, não seria essa a classe de países onde incluiria Portugal. Está bem que temos um estado ladrão cheio de parasitas mas, Sérgio, parece-me exagerado...

deixado a 2/12/10 às 09:36
link | responder a comentário | início da discussão

ah, e claro, outra falácia. sendo Portugal dos países mais pobres da Europa, é natural que tanto repúblicas como monarquias fiquem à nossa frente nesse ranking. humm...


Sim, mas todas as monarquias da Europa se situam em países mais ricos que Portugal. Todas as monarquias.


da Maia
Todas as monarquias da Europa se situam em países mais pobres que a Alemanha... sim, todas as monarquias!
A Espanha é uma monarquia e está bem juntinha aos PIIGS, abaixo da república italiana, que até é dos G8...
Qual a percentagem de membros do G8 ou G20 é que consiste em monarquias.


Você não tem mesmo ponta por onde se lhe pegue!


Não é verdade. A Alemanha é mais pobre, per capita, que a maioria das monarquias que apontei.

A Espanha sofre do facto de ter passado por uma república de facto durante décadas e só agora estar a recuperar que, curiosamente ou não, só está a recuperar desde que o actual Rei subiu ao trono. Dos PIIGS só a Espanha é uma monarquia e um dos I's é a Itália.

Andorra, que se salvou à "república" espanhola e tem 7% de população portuguesa, tem um PIB per capita superior à Alemanha em 10% e mais do dobro da república Portuguesa.


da Maia
Agora é "per capita"... insistir, insistir.
Você deve ter ido ver a lista do FMI de 2009, que colocava o Luxemburgo e Noruega nos primeiros, e a Suiça, uma república sem bacalhau nem petróleo, em 3º lugar. 

Essa mesma lista tinha a Irlanda em 6º lugar, chega-lhe para ver o seu ridículo, ou quer ainda continuar a falar de Andorra, Lichenstein, e do Burkina Faso?




Podemos ir para a lista dos mais bonitos, mas achei que a lista dos mais ricos faria mais sentido...Duas monarquias em primeiro? Engraçado...

deixado a 3/12/10 às 17:30
link | responder a comentário | início da discussão

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador