Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2011
por Daniel Oliveira

Via Jugular


por Daniel Oliveira
link do post | partilhar

Dazulpintado
Pergunto à justiça divina
Porque não sente ele remorsos
Por querer para outros armas
Que tombariam os nossos.

O lavrador corajoso
Combate na sua lavra
Cada um o seu regime
Cada um a sua praga

As mães que os filhos perderam
Já perdoaram a Deus
Mas não perdoa a história
Os que abjuram os seus

Jura que a sua voz é livre
Garante nada temer
Mas a alma amordaçada
Finge olhar sem nada ver

O tempo está a esgotar-se
Estarão à sua espera
O Juiz dar-lhe-á voz
Mas já não a voz que era.

Quem chora os seus companheiros
Recupera a humanidade
São carne da nossa carne
Perdida na mocidade

deixado a 7/1/11 às 19:46
link | responder a comentário

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Email

Password


Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador