Domingo, 27 de Fevereiro de 2011
por Sérgio Lavos

Que fofura: João Miranda compara o Hamas, o partido mais votado nas eleições em território palestiniano (que, lembre-se, ainda não é um país independente) e cujo líder nem sabemos bem quem é (não vale ir à Wikipedia) com ditadores de créditos firmados - como soi dizer-se - déspotas que não hesitam em dizimar a população para se manter no poder. Ah, bendito liberalismo; se eu fosse mais crescido, aderia de imediato a tanta pureza de intenções. Este é o caminho. 


por Sérgio Lavos
link do post | comentar | partilhar

8 comentários:

João Miranda é uma das pessoas mais interessantes da blogosfera.


Consegue fazer post com uma única palavra e ter dezenas de comentários.


Penso mesmo que  breve fará uma unicamente com a assinatura (ela já em si uma espécie de marca registada) e suscitará os mesmos comentários.


Se isto não é de artista então não sei que lhe chamar.


deixado a 27/2/11 às 23:51
link | responder a comentário

Minhoto
O JM engana-se ao comparar o Hamas, grupo terrorista apoiado pela irmandade muçulmana, com ditadores como o da Tunísia ou do Egipto pois este grupo agora tornado partido é mais do tipo dos Talibans do Afeganistão que governaram um independente. Em 79 também houve uns idiotas úteis esquerdistas que acorreram a felicitar e a ajudar o Khomeini, hoje pedem desculpa e se soubessem o que sabem hoje bla bla bla, tudo com uma certa irresponsabilidade que os caracteriza e o Khomeini não andava a estourar crianças com explosivos como o Hamas.
 http://www.youtube.com/watch?v=FIIsRQUysY0 (http://www.youtube.com/watch?v=FIIsRQUysY0)


mas lá está sobre isso omitem com dolo e com a tal irresponsabilidade que os caracteriza. Não é Sérgio Lavos?

deixado a 27/2/11 às 23:53
link | responder a comentário

Já João Miranda... é incomparável! :-)

deixado a 28/2/11 às 00:21
link | responder a comentário

João F. Silva
Partilho da opinião que o comentário no mínimo é ilógico, e pessoalmente acho até disparatado, mas o que tem o assunto ao certo a ver com o liberalismo? A única relação que estou a ver está no facto de uma das caracteristicas do liberalismo ser a defesa da liberdade de expressão, incluindo a liberdade de dizer coisas que achamos disparates.

deixado a 28/2/11 às 01:01
link | responder a comentário

JS
"Bendito liberalismo"? Qual é o raciocínio liberal, na perspectiva em que você coloca, naquela frase?

Como é engraçado tornar a política em clubismos, não é?

P.S.: Já agora, erra o João a querer fazer crer que são situações idênticas, como a "esquerda à Bloco" em tornar o Hamas num bando de vítimas (essas são os palestinianos em geral).

deixado a 28/2/11 às 06:15
link | responder a comentário

Manuel Duarte
ò Sérgio Lavos, entender o Hamas como um belo exemplo de liberdade e democracia não lhe parece um bocadinho rebuscado? tente ir até lá e defender um pontozinho de vista com que esses rapazinhos não concordem e depois diga como foi, se ainda estiver para contar. Bela esquerda esta, a quem nem os exemplos históricos dizem alguma coisa. Sabia que, por acaso, o Hitler até ganhou as eleições. Tal pelos vistos, na sua opinião, é mais do que suficiente para fazer tudo e mais alguma coisa. Agora querer apresentar o Hamas como um exemplo de democracia, essa não lembra ao diabo. Já agora, explique-me lá uma coisa: porque é que a Fatah não é sequer permitida na Faixa de Gaza? Por critérios democráticos muito próprios do Sérgio Lavos?

deixado a 28/2/11 às 11:51
link | responder a comentário

Sim, esses ditadores todos apareceram devido ao liberalismo e longe de nós duvidar da enorme cultura democrática dos senhores do Hamas porque, afinal, nem sequer são uma ditadura militar. Se repararmos bem, nem farda de general eles ainda têm...

deixado a 28/2/11 às 13:14
link | responder a comentário

PedroM
Sérgio, o Hamas a que se refere é aquele que tem como programa de fé e vida o extermínio dos judeus? É aquele onde representantes seus admiram abertamente Hitler pelo holocausto?

De referir apenas a "nuance" desta frase, que esconde exemplarmente o que pensa: "déspotas que não hesitam em dizimar a população para se manter no poder". Ao contrário dos propósitos do Hamas que defende e admira, que apenas pretende dizimar população alheia: a de Israel.

deixado a 1/3/11 às 11:02
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador