Sexta-feira, 15 de Julho de 2011
por João Rodrigues

 

Sem querermos decretar convergências precipitadas ou anular a diversidade de registos, julgamos que alguns pontos comuns podem ser identificados e que essa identificação permite algum optimismo intelectual e quiçá político. Em primeiro lugar, os artigos deste livro tomam partido na divisão que marca o condicionado debate económico nacional. De facto, temos, por um lado, os que fingem que os problemas do nosso país podem ser pensados sem considerar as consequências da perda de instrumentos de política económica à escala nacional, que resultou de uma integração económica e financeira que não os compensou com novos instrumentos à escala europeia. Sabem que esta estratégia intelectual favorece o seu programa de orientar as políticas públicas para a redução directa e indirecta dos custos laborais (...) Por outro lado, temos os que, como os autores deste livro, reconhecem que a generalidade dos problemas económicos nacionais – da integração económica dependente, traduzida em perdas de competitividade, à formação de grupos económicos que operam essencialmente nos sectores de bens não-transaccionáveis e que pretendem capturar serviços públicos, passando pela instituição de uma economia desigual e de baixa pressão salarial – não podem ser pensados fora de uma Zona Euro que juntou, em pé de igualdade, economias com níveis de desenvolvimento muito distintos e que deu demasiado espaço a forças de mercado em detrimento da criação de mecanismos de solidariedade (...) Em segundo lugar, os economistas que participam neste livro tendem a convergir na constatação de que o liberalismo económico tende a destruir os mercados porque não consegue vislumbrar os seus limites, nem pensar em políticas e instituições que contrariem a miopia dos interesses da especulação financeira (...) Em terceiro, e último lugar, os economistas que aqui escrevem podem convergir na ideia de que Portugal tem de abandonar a atitude de “bom aluno” e, em aliança com as restantes periferias em dificuldades, pressionar o centro europeu a adoptar soluções decentes para a crise europeia.

 

Excertos da introdução


por João Rodrigues
link do post | comentar | partilhar

33 comentários:
Tomás Guevara


Uma excelente iniciativa
Parabéns


É sempre bom ouvirmos propostas alternativas


por mais berros histéricos dos que tentam silenciar as vozes dissonantes do poder neo-liberal e pulha que nos tem governado e nos governa

deixado a 16/7/11 às 05:13
link | responder a comentário | discussão

não devias estar no ó ó ???


Tu o gajo que tem mais que fazer na vida ???


é que já lá vão 3 horas seguidinhas e tu continuas aqui a destilar ódio e fel !!!!!


Get a life !!!!


Tomás Guevara
Get a life?


como?


um candidato a um tacho por um partido de direita  que anda pela net não gosta que lhe façam sombra?


Lol


não


trata-se apenas de medo


não gosta de ser desmascarado


ché ché, quanta "saudadji" (sotaque brasileiro)

E eu a pensar que tinhas metido o rabinho entre as pernas e ido para o teus blogs da esquerda ranhosa e comuna !

Antes assim. Aqui ao pé de nós é que tu estás bem. Mas, agora que vejo bem, novamente a virar a noite agarrado à internet ??? Ó Ché Ché, olha que isso faz-te mal !!! Bem "assim comá assim" ché ché já tu és, por isso tambem ninguem estranha.

Desculpa não te responder aos outros 12 posts mas estás a ficar um pouco monocórdico.


Tomás Guevara
Sotaque brasileiro?Onze posts?esquerda ranhosa e comuna?Ché-ché?
Tanta coisa que este cunha se lembra
só para que nós não lhe lembrarmos
que passos coelho mentiu e que se comporta como um vulgar gatuno
Rouba os salários
os transportes públicos são aumentados mais de 20%
se prepara para um orçamento rectificativo para "acomodar a ajuda à banca"(pois claro).
acabou com as golden sharen en Portugal,mas que estas se mantém em 9 países da europa,inclusivé na irlanda e na grécia(mais dinheiro a ganhar aos que o neo-liberal passos coelho serve e presta vassalagem...sejam eles portugueses ou estrangeiros).
Nomeia nogueira leite,vice-presidente do PSD, conselheiro pessoal de passos coelho e amigo, para administrador da caixa geral de depósitos.Este nogueira leite em 2010 acumulava os seguintes tachos:"Vogal do Conselho de Administração da Brisa Auto-Estradas de Portugal SA; Vogal do Conselho de Administração da CUF, SGPS, SA; Vogal do Conselho de Administração da CUF - Químicos Industriais, SA; Vogal do Conselho de Administração da CUF - Adubos, SA; Vogal do Conselho de Administração da José de Mello Saúde, SGPS, SA; Vogal do Conselho de Administração da SEC - Sociedade de Explosivos Civis, SA; Vogal do Conselho de Administração da EFACEC Capital, SGPS, SA; Vogal do Conselho de Administração da Comitur, SGPS, SA; Vogal do Conselho de Administração da Comitur Imobiliária, SA; Vogal do Conselho de Administração da Expocomitur - Promoções e Gestão Imobiliária, SA; Vogal do Conselho de Administração da Herdade do Vale da Fonte - Sociedade Agrícola, Turística e Imobiliária, S.A.;  Vogal do Conselho de Administração da Sociedade Imobiliária e Turística do Cojo, SA; Vogal do Conselho de Administração da Sociedade Imobiliária da Rua das Flores, n.º 59, SA; Vogal do Conselho de Administração da Reditus, SGPS, SA; Vice-Presidente do Conselho Consultivo do Banif Investment, SA; Membro do Conselho Consultivo do Instituto de Gestão do Crédito Público..
Um fartar vilanagem
do bloco central de interesses
sob a égide agora do flanco neo-liberal,corrupto e venial


Percebe-se
os desvelos do cunha







tás com inveja do Nogueira Leite ???


Não passes as noites a navegar, desunha-te a estudar, trabalha e pode ser que um dia tambem lá chegues.


A inveja é um sentimento muito feio !!!!


Tomás Guevara
Eu sei cunha ,eu sei
Ele é o seu sub-boss
E ele manda




mas lá por o cunha ter que prestar vassalagem a esta coisa do nogueira leite...bolas há limites 


é que o denunciado é de tal monta 
que isso devia envergonhar qualquer um
(menos o cunha?)


Mais um boy a sobressair no firmamento do poder corrupto e venial da direita encartada e tentacular


Refiro-me ao nogueira leite,claro


ché ché, lá no teu partido é que todos dizem amém ao que o grande chefe diz.  


Neste caso concreto acho que o PSD deu um tiro no pé porque não precisava disto para nada. Dou o beneficio da dúvida ao sr Leite.

deixado a 29/7/11 às 14:47
link | responder a comentário | início da discussão

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador