Sábado, 16 de Julho de 2011
por Sérgio Lavos

 

Como todos sabem, Cavaco Silva é o meu Bartleby favorito. Desta vez, preferiria (ou gostaria, e nunca gostava, como ele disse, dado que neste caso é o condicional, e não o imperfeito, que deverá ser usado)* que o dólar fosse mais forte - ou o euro mais fraco, não se percebe muito bem - para que os países da Europa fossem mais competitivos. Portanto, Cavaco defende algo que o Bloco de Esquerda já defende há algum tempo. Muito bem. Só acho que gostar pode não ser suficiente, é uma espécie de amor que não convence. Quer dizer, a confissão de um desejo é algo vago, é como uma virgem sonhando com o príncipe encantado sem ter coragem de ir engatar ao Bairro Alto. Mas enfim, e como sei que o nosso presidente não é suficientemente temerário para, digamos, sugerir isso a quem decide - sabemos como a timidez é um problema que grassa entre as altas esferas do país - aconselho-o a tentar outras tácticas: rezar a Deus Pai Todo-o-Poderoso, prometendo uma via crucis de joelhos em Fátima, seria uma hipótese; também poder-se-ia pensar em macumba contra o Euro, mas o bruxo de Madrid, o tal que lesionou e tornou impotente Cristiano Ronaldo, já não está entre nós. Mas julgo que o professor Karamba ainda não se reformou. Que tal um olho gordo lançado ao Euro? Entretanto, pode-se ir entretendo com a santinha padroeira da moeda única; quem sabe se alguns dias de penitência e jejum de bolo-rei não comoverão a Santa Angela?

 

*Afinal Cavaco disse bem, "gostaria". Na notícia do Público (via Lusa) é que estava mal, "gostava". Transcrever uma declaração correctamente, será assim tão difícil? 


por Sérgio Lavos
link do post | comentar | partilhar

28 comentários:
Saudações,

De facto, existe da parte do Banco Central Europeu um inépcia enorme. Porém pergunto-me, o que aconteceria à inflação se o BCE se lembra-se de imprimir notas como se não houvesse amanhã?

Cumprimentos.

deixado a 17/7/11 às 01:19
link | responder a comentário | discussão

Kid Karocho
O que é que o Fed tem feito nos últimos 30 anos?


tb digo.

deixado a 17/7/11 às 13:47
link | responder a comentário | início da discussão


Saudações,

De facto o FED tem tido um política bastante heterodoxa no que toca a política monetária. Porém, o privilégio exorbitante do dolar não poderá durar para sempre, os mercados não poderão confiar para sempre que o dolár vai ser uma moeda forte. Talvez seja uma moeda forte enquanto os EUA sejam o país com mais porta-aviões do que todos os outros países juntos... isso dá uma grande estabilidade a qualquer moeda.

Cumprimentos.

deixado a 17/7/11 às 14:35
link | responder a comentário | início da discussão

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador