Terça-feira, 19 de Julho de 2011
por Sérgio Lavos

 

Na semana em que a direcção da mui beata e piedosa Universidade Católica decide ensaiar um regresso à primeira metade do século XX, instituindo um código de vestimenta que faria as delícias de Diácono Remédios, ao aconselhar o uso de "formas de vestuário dignas e convenientes, adequadas ao local de trabalho próprio de uma universidade e de uma instituição da Igreja", o excelentíssimo abominável César das Neves, professor nessa instituição, soltou mais umas encarniçadas diatribes a favor do ultraliberalismo, ainda por cima dando como exemplo a Saúde - a velha história, falsa, de que gastamos mais e temos um pior Sistema Nacional de Saúde - e defendendo que os países europeus em risco deveriam simplesmente falir (como a Califórnia - a sério, foi deixada falir pelo governo americano???). A velha aliança entre o liberalismo económico e o conservadorismo nos costumes no seu melhor. Deus não joga aos dados com o cosmos, é bem verdade.


por Sérgio Lavos
link do post | comentar | partilhar

19 comentários:
Nuno
Na minha escola, pública, os rapazes não podiam andar de calções, mas as meninas sim. 
Não que eu fosse contra as meninas mostrarem a pernoca, mas assolava-me uma revolta de não poder  partilhar os gémeos com o restante corpo escolar.
Lembrando esses tempos de ditatoriais (anos 80/90), escrevia um comentário de apoio a este post, quando me confrontei com 2 rapazitos, de calça caída (??) e slip à mostra (dizem que é moda). Mudei de opinião, espero que não levem a mal.

deixado a 20/7/11 às 16:06
link | responder a comentário

Pinto
Parece que a mui beata e piedosa discoteca Lux e o mui beato e piedoso Casino Estoril também não evoluiram. Ainda neste fim-de-semana queria lá ir beber um copo com o chinelinho que tinha levado à praia e a T-shirt do meu glorioso e foi-me negada a entrada. 


Tenho a certeza que a Igreja andou a comprar as discotecas e casinos deste País. Ou então foi o Diácono Remédios.

deixado a 20/7/11 às 20:55
link | responder a comentário

JORGE SILVA
Tem piada que quando li esta notícia no jornal, pensei logo nos autores do Arrastão! Porque será?

Obviamente o senhor Sérgio Lavos deve gostar mais de ver nas nossas escolas (faculdades incluidas) jovens de cuecas à mostra, desfraldados, de calções nos exames, ou de chinelos de praia, para já não falar dos decotados vestidos.

Claro está que a confusão de conceitos é um dado pertinente nesta nossa sociedade actual. Tudo se confunde! Confunde-se a liberdade com deboche e, neste caso, a liberdade de vestir com a função onde se está ou se vai. Recomendo-lhe pois, senhor Sérgio Lavos que solicite então aos seus amigos deputados do Bloco de Esquerda que a partir deste momento se apresentem na Assembleia da Republica de calções, de chinelos ou de cuecas e para o caso das deputadas, de nini saia e de decote avantajado. Ah... e já agora que coloquem os pés em cima do balcão do hemiciclo, coloquem uns palitos nos dentes... e dêem uns valentes arrotos.
Então? Há liberdade ou estamos num estado abominável?

É por estas e por outras que temos o que temos...
Cada qual é livre de se vestir como quer, mas cada função tem os seus propósitos. Lamento que o senhor não perceba isto, infelizmente.

deixado a 21/7/11 às 01:42
link | responder a comentário

João Gundersen

O que lamento é que seja necessário impor um código de vestuário porque os alunos não têm capacidade de discernir onde estão. À vontade não é à vontadinha.

deixado a 22/7/11 às 20:54
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador