Segunda-feira, 8 de Agosto de 2011
por Sérgio Lavos

*Foto retirada do Guardian

 

Tudo começou com a morte de um taxista de 29 anos, pai de 4 filhos. Atingido por tiros da polícia. Como em França, um excesso policial que levou à morte de um inocente (até prova em contrário), levou a uma escalada de violência nos bairros periféricos e pobres de Londres. Do protesto legítimo das pessoas do bairro onde morava o taxista, Tottenham, rapidamente se chegou a um estado de quarteirões inteiros sitiados, à criminalidade pura. Em pleno Agosto, tempo de férias escolares. Muitos dos jovens envolvidos nos distúrbios costumavam ocupar os seus tempos em centros de diversão que o Governo fechou no âmbito das medidas de austeridade levadas a cabo no país. Quem culpar? Os criminosos que destroem património público e privado, o acto policial que espoletou a revolta ou o Governo central que descurou na atenção dada a quem está à margem? Apenas há uma certeza: apesar da esmagadora maioria da população daqueles bairros repudiar os actos criminosos que têm acontecido, todos questionam os procedimentos policiais neste caso. Vamos ver onde poderá a revolta chegar.

 

(Podemos acompanhar os acontecimentos em directo no blogue do Guardian).


por Sérgio Lavos
link do post | comentar | partilhar

71 comentários:
Está uma gaja de cara tapada a ser entrevistada por um morador do bairro londrino. O inesperado reporter pergunta-lhe porque está a roubar. 


Ela responde, estou a recuperar os meus impostos.


ahahahahahahahah


Isto é violência gratuita, ladroagem feita por gente que não trabalha, não quer trabalhar e que adora violência e pilhagens.

deixado a 9/8/11 às 14:17
link | responder a comentário

Nuno
Há quem diga que a polícia não tem agido com músculo suficiente... opiniões...


Não deixa de ser irónico que, num blog onde se defendem sempre acções políticas em detrimento das "populares", haja desculpas para este tipo de comportamento, que são pouco democráticos, digamos...

deixado a 9/8/11 às 15:36
link | responder a comentário

pedro
Isto nada tem ver com a morte do taxista. Isto tem a ver com iPads, Xboxes, iPhones, "big flat screen TVs", perfumes, ténis nike... é o consumismo puro e duro, é o roubar para ter o que não se consegue comprar. A maioria das pessoas envolvidas nos distúrbios nem sabe que morreu um taxista. Temos pena mas para parar isto só quando o fosso entre ricos e pobres for menor!

deixado a 9/8/11 às 15:37
link | responder a comentário

Minhoto
É o retorno das políticas irresponsáveis do Estado Social de que muitos estavam à espera e que em devido tempo avisaram para o que iria acontecer, e está à vista o roubo e a destruição. 
Sobre a Síria aqui neste blog nada se diz, o que tem o Sérgio Lavos a dizer sobre esse assunto?

deixado a 9/8/11 às 15:53
link | responder a comentário

Pedro: «Temos pena mas para parar isto só quando o fosso entre ricos e pobres for menor!»

Pedro, onde? Em Portugal ou em Inglaterra?

Inglaterra não é Portugal e vice-versa.

R.

deixado a 9/8/11 às 17:02
link | responder a comentário | discussão

pedro
Inglaterra, claro... não é sobre isso que estamos a falar?

deixado a 10/8/11 às 10:27
link | responder a comentário | início da discussão

tdi
Caro Sergio


Quanta demagogia em tão poucos parágrafos...

deixado a 9/8/11 às 23:39
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador