Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012
por Sérgio Lavos

Cavaco diz que as reformas dele não chegarão para pagar despesas.

 

Palavras para quê? É um artista português. Pode-se bater mais fundo? Todos os dias se confirma que sim.

 

Adenda: para quem acredita ainda em fadas. As reformas de Cavaco totalizaram 10042 euros por mês em 2009. Portanto, mentiu descaradamente. Outra coisa extraordinária na declaração de Cavaco é ele ter sugerido que abdicou de forma benemérita do seu salário de presidente, sendo apenas um mísero reformado. A expressão popular adequa-se: parem de gozar com a cara das pessoas.


por Sérgio Lavos
link do post | comentar | partilhar

59 comentários:
Anónimo
É um regalo ver tantos senhores que se horrorizam com a linguagem "grosseira" de alguns comentadores trocarem argumentos tão cheirosamente contundentes... Isto sim é classe! Mas adiante, que não vale a pena perder tempo com prosa de cloaca.
 Creio que o caro Sérgio Lavos está a ser um pouco duro demais com o nosso querido PR. Temos de abordar o assunto de um modo construtivo, a meu ver. Já reparou nas possibilidades quase infinitas que as palavras do nosso estupendo Aníbal abriram à futura investigação historiográfica nacional? Eu já estou a imaginar a nossa grande Felícia Cabrita ( ou alguém por ela- meu Deus, tanto jovem prometedor que sai das nossas Faculdades de Jornalismo!), a fazer arqueologia na, aparentemente, enfadonha vidinha do senhor de Boliqueime, a descobrir-lhe alçapões e tectos falsos, fumos de encobrir e maquilhagens sofisticadas. O resultado de tão denodado labor só pode ser um, saíndo como sairá da pena de quem travestiu a múmia de Santa Comba de Casanova: o homem é um estoira-vergas! Afinal, naquele palácio, vive-se um drama conjugal dos mais terríveis: ele é a Senhora Dona Maria a tentar prender o seu presidencial maridinho no remanso do santo e católico lar, ao calor da sagrada família, e o esfíngico académico a soltar amarras, a perder-se na noite, ao mesmo tempo que se transmuta num fogoso "ladies man", pronto, entre duas goladas de uísque velho, a gozar os prazeres do belo sexo entre duas belas e roliças moçoilas. E, assim, se evaporam as poupanças de uma vida de honesto e duro trabalho! Já estou a ver a Senhora Dona Maria, na cozinha do Palácio de Belém, entre cascas de ovo e farinha, a fazer bolos para fora na esperança de repor os euros desbaratados na vida faustiana do seu impulsivo maridinho. É de fazer chorar as pedrinhas da calçada e merece um fadinho ( dos antigos, dos antigos...).

deixado a 22/1/12 às 18:18
link | responder a comentário

obelisco instavel
Porque não enviar uns sapatinhos usados ao Tio Aníbal? A vida está tão difícil ....

deixado a 22/1/12 às 20:09
link | responder a comentário

Luís Teixeira Neves
Sabem o que é o Alzheimer?! Já se deram conta que agora Cavaco Silva desloca-se sempre acompanhado de um médico pessoal? Lembram-se do discurso que ele fez ao país por ocasião do seu veto ao estatuto dos Açores e da dificuldade que ele teve em o iniciar?

deixado a 22/1/12 às 22:56
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador