Domingo, 29 de Janeiro de 2012
por Sérgio Lavos

Esta notícia, "soprada" pelos assessores e arregimentados do Presidente Cavaco ao Público e ao Expresso, parece ser um golpe decisivo na deriva ensandecida de Gaspar, Coelho e C.ª. Parece. Na realidade, não é. É apenas a forma que o staff presidencial encontrou para permitir que Cavaco possa novamente sair à rua sem que seja assobiado. Não há melhor lixívia para a imagem do que um ataque ao "ultraliberalismo" do Governo. Jogada demasiado previsível dos spin doctors de Belém. Brincadeira de crianças. O país é outra coisa; e dará a sua resposta nos próximos meses: a eleição de Arménio Carlos para líder da CGTP é o próximo passo nesse sentido.

tags:

por Sérgio Lavos
link do post | partilhar

Alexandre Carvalho da Silveira
Ao Sergio Lavos, não o comem por parvo assim com duas cantigas. Conseguiu descobrir nas noticias do Expresso e do Publico, que como sabemos são grandes apoiantes do PR, o dedo do straff presidencial, para "lavar" digamos assim, a imagem de Cavaco, depois do triste e mal explicado  episodio das reformas do chefe deles.
Com a noticia da 1ª pagina do Expresso, nem perco dois segundos. Mas o artigo da "viuva" do Socrates São José não sei quantos nas paginas do Publico que parece já ter ultrapassado o "i", como o jornal diário com menos de 8 mil leitores diários, merece-me apenas um reparo: ela com a objectividade e seriedade intelectual a que nos habituou, farta-se de mencionar os "cavaquistas" sociais-democratas de gema, que querem defenestrar o criminoso/ultraliberal Gaspar cujas politicas lhes estragam as digestões. Mas não diz quem são; nem um. Qualquer jornalista digno desse nome, que se tivesse dado ao trabalho de escrever uma coisa daquelas, citaria A, B ou C como cavaquistas revoltados com as politicas do ministro das finanças. Mas a nossa "viuva" socretina, não o fez sabe-se lá porquê.
PS Quando este governo tomou posse,  escrevi aqui e noutros blogues que este não era o governo que Cavaco mais gostaria. O PR pensa que para sairmos do buraco onde estamos metidos, o que convem a Portugal e aos portugueses é um governo tripartido: o PSD cavaquista, o PS de Seguro, e o CDS do Portas, que desde que esteja no governo não se incomoda muito com quem são os parceiros.
Mas não é com noticias destas que lá vamos; só lá para o fim da primavera já com numeros concretos sobre a consolidação orçamental, da arrecadação dos impostos e das poupanças na despesa, é que esse passo vai ser ensaiado, porque numa altura destas é perigoso andar a brincar com o fogo. Como fazem o Expresso e o Publico.

deixado a 30/1/12 às 14:23
link | responder a comentário

São José de Almeida é um homem não é mulher, por favor corriga o seu post.
E é um homem de esquerda, só lhe falta ser do Norte, carago!

deixado a 30/1/12 às 16:56
link | responder a comentário | início da discussão

Alexandre Carvalho da Silveira
Fado alexandrino,

São José Almeida é um homem? Só se mudou de sexo nos ultimos tempos. Da ultima vez que eu a vi na tv a dizer um chorrilho de asneiras era bem uma mulher, feia, é verdade, mas uma mulher. Vá-se lá informar melhor fado alexandrino, porque não tem razão.

deixado a 30/1/12 às 17:18
link | responder a comentário | início da discussão

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Email

Password


Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador