Segunda-feira, 16 de Abril de 2012
por Sérgio Lavos

A direita neotonta tem uma espinha entalada na garganta desde o ataque terrorista de Oslo. A pele de Anders Breivik é mais branca do que aquelas almas sensíveis conseguem suportar e vai daí desde o ataque que matou quase 90 pessoas que tentam passar ideia de que não houve qualquer motivação política no acto do norueguês ariano. Compreendo a frustração desta direita. Mas já se torna verdadeiramente preocupante fazer o que se faz aqui. José Manuel Fernandes, infelizmente Breivik é um branco norueguês racista e assassino, e sim, é de extrema-direita (o punho fechado também é uma saudação nazi). Get over it!

 

Adenda: Só agora reparei que os "liberais" do Insurgente também se insurgiram contra a caracterização do gesto de Breivik como sendo de extrema-direita. Pois claro: Blasfémias, Insurgente e um assassino em massa norueguês com tendências neotemplárias e ódio a islâmicos. Les beaux esprits se rencontrent?


por Sérgio Lavos
link do post | partilhar


De acordo com o sérgio Lavos ….


A ESQUERDA RADICAL tem uma espinha entalada na garganta desde o ataque terrorista de Virginia Polytechnic Institute  na Virginia.  A pele de Seung-Hui Cho é mais escura do que aquelas almas sensíveis e esquerdoides conseguem suportar e vai daí desde o ataque que matou quase 35 pessoas que tentam passar ideia de que não houve qualquer motivação política no acto do Sul coreano comuna. Compreendo a frustração desta esquerda. Mas já se torna verdadeiramente preocupante fazer o que se faz “aqui”. Sérgio lavos, infelizmente Seung-Hui Cho é um sul coreano revolucionário  e assassino, e sim, é de extrema-esquerda ... (Cho chose to engage in a fantasy where "he would be remembered as the savior of the oppressed, the downtrodden, the poor, and the rejected). - Get over it!


Cads, pobres cads…

deixado a 16/4/12 às 17:12
link | responder a comentário

 A diferença é que a ESQUERDA RADICAL (essa entidade mítica) nunca fez um post do nível, com a classe, do post do JMF. Só na cabeça de quem se sente particularmente atingido pelos actos do nazi noruguês é que há equivalência entre um post de facto e um delírio de DAD. Uma vez mais: Get over it, o tipo não é um esquerdóide marado.

deixado a 16/4/12 às 17:19
link | responder a comentário | início da discussão

Acalme-se e explique lá melhor o que quis dizer....

deixado a 16/4/12 às 17:29
link | responder a comentário | início da discussão

Vamos lá, desta vez com legendas: o meu post é uma crítica a um post sem pés nem cabeça do José Manuel Fernandes. O seu texto é um delírio de quem acha que sabe o que eu, ou a ESQUERDA RADICAL, pensamos, nada mais. O norte-americano de origem coreana não tem nada a ver com o caso. E acrescento: ultrapasse o facto do noruguês ter agido por razões políticas extremistas de direita.

E já agora, também acho piada ao facto de querer convencer o pessoal de que o neotemplarismo não tem qualquer relação com a extrema-direita europeia. Não preciso de deixar aqui os links que provam isso, porque desconfio que o Olimpus sabe muito bem do que estou a falar.

deixado a 16/4/12 às 17:51
link | responder a comentário | início da discussão


Sérgio agora entramos no “ranting” esquerdoide puro. Acalme-se. 
O meu texto foi copy e paste do seu e somente mudei o sujeito (como é óbvio não acho que o maluco do sul coreanos tenha nada a ver com esquerda radical ou não – ao contrário de si no caso do norueguês)  para lhe mostrar como é estupido associar a acção de um maluco à extrema direita europeia – Que eu pessoalmente acho tão (na verdade mais) desprezível como (e vai perdoar) a extrema esquerda europeia.


Não sei o que é neotemplarismo, nem acompanho, confesso, nada sobre a extrema – direita europeia que considero uns patetas frustrados… e não quero saber deles porque serão algo como 0,01% dos eleitores europeus, ao passo que vocês, Cads incorrigiveis, são 10-20% da população europeia e aí já me preocupo.


Nota: Não, não acho que a extrema-esquerda europeia seja igual á extrema-direita. Existem óbvias distâncias…. Mas menos do que aquilo que você pensa, só isso.

deixado a 16/4/12 às 18:02
link | responder a comentário | início da discussão

Sim, de facto comparar a extrema-direita (na essência, defende um "tipo" de gente em detrimento de outros) com a extrema-esquerda (defende que todos devem ter uma vida decente e viver em igualdade) é claramente a mesma coisa. Repito, nas ideologias dos dois extremismos há diferenças monumentais.

deixado a 16/4/12 às 18:41
link | responder a comentário | início da discussão

Rafael Ortega
"a extrema-esquerda (defende que todos devem ter uma vida decente e viver em igualdade)"

Deve ser só isso...

Se não gostar dessa igualdade vai para um gulag, mas fora esse pormenor até são gente simpática.

deixado a 16/4/12 às 18:59
link | responder a comentário | início da discussão

Claro, os gulags. É que no socialismo está inscrito a "limpeza étnica e ideológica". Ups, não é que as políticas de extrema-direita andam a criar "gulags" para imigrantes e palestinianos...

deixado a 16/4/12 às 21:04
link | responder a comentário | início da discussão

DSC
tente não ser desonesto naquilo que escreve. As mortes da extrema esquerda são mais aceitáveis que as mortes da Extrema-direita?

- 65 million in the People's Republic of China
- 20 million in the Soviet Union
- 2 million in Cambodia
- 2 million in North Korea
- 1.7 million in Africa
- 1.5 million in Afghanistan
- 1 million in the Communist states of Eastern Europe
- 1 million in Vietnam
- 150,000 in Latin America
- 10,000 deaths "resulting from actions of the international Communist movement and Communist parties not in power.

Courtois claims that Communist regimes are responsible for a greater number of deaths than any other political ideal or movement, including Nazism. The statistics of victims includes executions, famine, deaths resulting from deportations, physical confinement, or through forced labor.

Ah, claro, mas como o Comunismo não escreve no papel limpeza étnica, tudo torna-se muito melhor não é ó Zé?

deixado a 17/4/12 às 09:56
link | responder a comentário | início da discussão

Claro que as mortes em nome de qualquer ideia ou ideal são injustificáveis. Não foi aquilo que escrevi. Estava a discutir o assunto de um ponto de vista político e ideológico. No ideário comunista não está inscrito nem a morte nem a sobreposição do Homem pelo homem. É este o ponto de discórdia, caro amigo. No entanto, no ideário de "extrema-direita" o mesmo não se pode dizer. A diferença, crua, digamos, entre as mortes provocadas pelo regime comunista (regime, não ideário) foram alvo de um instrumento de sustentação política. No entanto, no regime nazista e fascista as mortes foram o cúmulo do política de purificação racial (bem inscrita nos seus ideias e valores) e sustentação política. 

deixado a 17/4/12 às 16:42
link | responder a comentário | início da discussão

DSC
Tudo bem, mas


"No entanto, no regime nazista e fascista as mortes foram o cúmulo do política de purificação racial (bem inscrita nos seus ideias e valores) e sustentação política."


No entanto, no regime comunista as mortes foram o cúmulo da política da extinção de classes (bem inscrita nos seus ideiais e valores) e sustentação política.


deixado a 17/4/12 às 18:29
link | responder a comentário | início da discussão

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Email

Password


Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador