Sábado, 26 de Maio de 2012
por Sérgio Lavos

Para quem possa ter dúvidas sobre o grau de solidariedade do capitalismo predatório, personificado pela espécie de coisa Christine Lagarde, líder do FMI:

“Penso mais nas crianças de uma escola numa pequena aldeia no Níger que têm duas horas de aulas por dia e têm de dividir uma cadeira por três”, comparou Lagarde quando questionada sobre como conseguia não pensar nas mães que não têm acesso a parteiras ou em pacientes que não conseguem obter medicamentos de que precisam para sobreviver. “Tenho-as sempre na minha mente, porque acho que precisam mais de ajuda do que as pessoas em Atenas.”

 


por Sérgio Lavos
link do post | comentar | partilhar

47 comentários:
pobolibre

Isto e que sao os mercados.
Gordos de papo cheio a fazer comentarios sobre sacrificios que nao sabem o que sao nem onde levam,
pois de dia para dia estao mais gordos.
O s mercacados e isto


deixado a 26/5/12 às 16:23
link | responder a comentário | discussão

Gentleman
Não se entende realmente o porquê de tanto repúdio por parte da esquerda madraça.
O que Lagarde afirmou faz todo o sentido. Há problemas no mundo bem mais graves do que o da Grécia.


von
Alguém, com um cargo de influência mundial, que se dedica a jogos de palavras e se aproveita de tragédias para vincar pontos de vista políticos, deve ser censurada.

deixado a 27/5/12 às 17:18
link | responder a comentário | início da discussão

pobolibre


 
Não sei se Christine Lagardes, twm um cheio Gordo papo, mas sei que o cromada que apresenta não é de quem ana a lavar escadas. Aquilo são muitas horas de papo, gordo ou magro virado p´ro ar.

O antes dela, andava tão folgado que não fazia outra coisa que não fosse...esta leva os dia a puxar lustro ao corpinho. Mas depois os culpados são so Gregos.

deixado a 27/5/12 às 19:59
link | responder a comentário | início da discussão

Antónimo
Está a exagerar. É o tipo de declaração que tem potencial para lhe sair pela culatra. A gaja fala e enterra-se.

deixado a 26/5/12 às 17:32
link | responder a comentário | discussão

Antónimo, se calhar não. Há 2/3 anos atrás ela estaria tramada mas hoje já há menos paciência para filmes de esquerda... Se alguma coisa, até aumentará a sua influencia.


antónimo
Claro, claro, Há dois três anos a Direita vencia nas urnas o que deixou de acontecer, entretanto.


Gentleman
Estará a esquecer-se de Espanha, Portugal e Reino Unido?...


nm
Nao estou. Os ciclos mudam. Os outros paises estavam na direita esses tres na esquerda. Quando chegou a crise capitalista, os eleitores acharam que era para votar no partido da alternancia. 


e esses tres confluiram nos conservadores com uma europa que estava conservadora e que atinge agora novo ciclo eleitoral. 


De qualquer forma, neste caso a minha referencia era para a situacao grega e nao europeia e nem sequer me referia a um balanceamento esquerda direita, mas sim a um balanceamento Troica e nao troica.

deixado a 27/5/12 às 21:55
link | responder a comentário | início da discussão

João.
Isto faz-me lembrar na Fenomenologia do Espírito de Hegel a figura da "consciência honesta"; para esta consciência a verdade é a "matéria à mão", ou seja, aquilo que aparece à consciência na forma de um objecto de interesse feito da interfusão da intenção, do trabalho e do resultado.

A questão, no entanto é que para esta consciência basta pegar num daqueles momentos de que se constitui a "matéria à mão" para que, para ela, já esteja em sua verdade. Isto quer dizer que basta por exemplo a mera intenção, mesmo que sem qualquer trabalho associado ou qualquer resultado, para já se tomar como "fazendo alguma coisa" com respeito à "matéria à mão".

"Ter no meu pensamento" as crianças de Niger, portanto, para esta consciência, é já fazer alguma coisa pelas crianças do Niger.

deixado a 26/5/12 às 18:18
link | responder a comentário | discussão


João,
Nem me ia meter nesta conversa. Mas achei o seu comentário curioso. Você acaba de descrever a actuação de todo e qualquer esquerdoide (Cad, marcado pela epigenética do paleolítico)- Curisoso que o faça a criticar os comentários da Lagarte.
Primeiro explicar que na essência os comentários da esquerdalhada se resume a tentar convencer o seu sistema dopaminérgico e noradrenérgico a dar uma dosesita de droga (endógena) para se sentirem bem. Assim, postulam moralmente superior e como retorno levam com a dose dos neurotransmissores (dopamina e/ou serotonina) enquanto o objecto desse postular moral fica na mesma. Não ganha nada com a conversa! Porque, Como sabemos pelo trabalho de Joshua green ou de Arthur brooks na verdade os Cads  esquerdoides são por norma uns sacanas egoístas no que toca a “DAR DO SEU” (falam sempre dos recursos dos outros).


Aquilo que me espantou foi a reacção visceral que sofreu a senhora numa altura em que, provavelmente apertada, usou o truque dos esquerdoides. Será que a reação é meramente por ela ter usado o truque que supostamente só os esquerdoides podem usar? 


Curiosamente o Niger obtém (obteve) ajuda do FMI...


José Erre Ponto
Que pena, num comentário tão rebuscado, mas que não quer dizer nada, aparecer "dosesita", "esquerdoide", "Lagarte", "Primeiro explicar..."
Na pior mancha, ainda por cima caem nódoas. 
A cagança é uma coisa terrível.

deixado a 27/5/12 às 19:42
link | responder a comentário | início da discussão

João.

Como queira, Olympus. De minha parte achei o seu comentário engraçado coisa que nos dias que correm já não é mau...isto embora tenhamos um palhaço como [uma piada de mau gosto de] primeiro-ministro.

deixado a 28/5/12 às 03:43
link | responder a comentário | início da discussão

Senhor Vìtor
Isto na mesma semana em que a New Scientist explora os efeitos da crise na Grécia ao nível da saúde, como a recente subida dos casos de malária no país. Esta malta brinca com o fogo

deixado a 26/5/12 às 19:28
link | responder a comentário | discussão

Tem a certeza que não foi ao aquecimento Global? - É que hoje em dia é tudo o que a new scientist faz, desde os peidos da vacas ao mijar das codernizes. 
 

deixado a 27/5/12 às 14:41
link | responder a comentário | início da discussão

Aliás fui à página do New Scientist e só na primeira página encontrou 3 artigos, na essência políticos,  sobre a crise na Grécia... tenho assistido á queda da NS nos últimos anos. Está a atingir um novo mínimo.

deixado a 27/5/12 às 14:46
link | responder a comentário | início da discussão

MetroidSamus
Então, basta Atenas chegar ao nível de uma aldeia da Nigéria, para que a senhora comece a pensar nessas pessoas. Qual o problema? 

deixado a 26/5/12 às 19:42
link | responder a comentário

web /snipper
Tudo começa por um arrazoado humanitário, solidário, quiçá altruísta, para acabar num concupiscente olhar para o bolso dos cidadãos em busca do que ainda será possível 'sacar'...malgré (para usar a linguagem de C Lagarde) o afundanço da economia, a drástica redução dos salários, a precariedade laboral, os cortes nas prestações sociais e a elevada taxa de desemprego.  
Alguma vez estes caricatos personagens do mundo financeiro cogitaram que tetas secas não dão leite?

deixado a 26/5/12 às 20:10
link | responder a comentário

Christine Lagarde é lixo do Bilderberg. Iniciou-se nas directivas que agora cumpre em 2007, na Turquia.


Não se pode esperar muito mais de escumalha deste calibre.


http://www.nypost.com/rw/nypost/2011/05/16/news/web_galleries/g_dominique_strauss_kahn/strauss_kahn_photos015--500x380.jpg

deixado a 26/5/12 às 20:17
link | responder a comentário

Minhoto
Mas foi a senhora Lagarde que pôs a Grécia neste estado? Olhe que não foi, ainda ontem li um artigo do Reader's Digest de 1988 (a contracapa tem a menina Sauvinet de Malhoa) que se chamava "Tragédia Grega" e aonde focava que o pai deste ex-primeiro-ministro Papandreu, o antigo primeiro-ministro Andreas Papandreu filho do fundador do Partido Socialista (os socialistas são um denominador comum na tragédia europeia ) Grego, o PASOK, Georgios Papandreu, estava a levar a Grécia para um caminho da subsídio-dependência do exterior, os EUA e a CEE e da qual se temia o futuro incerto, futuro adiado com a entrada do Euro. Portanto qualquer ataque com juízos de valor à senhora Lagarde lá porque não tem a mesma política que a extrema-esquerda, são rasteiros e mostra que quem os faz é muito fraquinho intelectualmente, é como o neandertal, não consegue sobreviver com a mudança, não arranja soluções, responde com violência  e no fundo quer viver sem trabalhar e com o dinheiro dos outros.

deixado a 26/5/12 às 20:40
link | responder a comentário | discussão

Zuruspa
Realmente um tipo rasteiro que mostra que é muito fraquinho intelectualmente (é como o neandertal) que convenientemente se esquece da Nova Democracia como outra face da moeda da tragédia grega (que contrataram a Goldman Sachs para apimentar os balanços públicos e depois foram comprar submarinos) por-se a mandar bitaites...
Minhoto, näo, cego (no mínimo)!


Minhoto
Só um cego pode acreditar que a Nova D. é a outra face da moeda, só porque tem uma visão mais nacionalista da coisa, diz ser de direita e por ter contratado a Goldman Sachs (que por ter nome judeu é tão amada pela Esquerda)  mas que contudo manteve e promoveu um país com uma economia estatizada e incutiu uma mentalidade de corrupção, laxismo, amiguismo e preguiça no seu povo ou seja mais do mesmo do PASOK. 
A Grécia faliu! Os tais modelos de Estado e mais Estado em tudo o que mexe com as dívidas a serem "geridas", com os "Planos Marshal" de investimento em rotundas, ppp, etc deram no resultado que está à vista. 





deixado a 26/5/12 às 22:24
link | responder a comentário | início da discussão

PedroM

"que contrataram a Goldman Sachs para apimentar os balanços públicos e depois foram comprar submarinos"
Quer dizer que se uma empresa contratar a Goldman Sachs para essas trafulhices e crimes, não tem culpa nenhuma e safa-se sem pagar por isso? Basta então dizer que "foi a anterior gestão. Não temos nada a ver com isso. Vão pedir contas a outros"?

deixado a 28/5/12 às 12:23
link | responder a comentário | início da discussão

Caro Minhoto,


Reservo-me o direito de tecer os juízos de valor que muito bem entender sobre todos quantos participam  - ou participaram - em reuniões secretas, promíscuas, e conduzidas à margem do mais elementar processo democrático.
Entretenha-se a estudar o link abaixo, depois decida quem é o neandertal. 
http://www.conspiracyarchive.com/NWO/Bilderberg-Participants-2009.htm
Aproveite para explicar, a todos os que são mais fraquinhos intelectualmente, qual é a verdadeira política da senhora Lagarde. Suponho que saiba.

deixado a 27/5/12 às 03:42
link | responder a comentário | início da discussão

mariazinha
sim , não se percebe pq não agarra na mochila e não vai de missionária  para o níger. se está assim tão preocupada , tem bom remédio , vá ajudar. quem sabe a santificam como à Madre Teresa e tudo.
mas acho que deve estar a pensar  mas é quantas cadeiras poderão vender a crédito no níger , ainda há muita gente  no mundo que não é "cliente" da banca..

deixado a 26/5/12 às 21:03
link | responder a comentário

Manolo Heredia
Não me parece que tenha sido uma provocação ingénua. É que a Grécia anda a jogar com um pau de vários bicos; Russia, Síria, Israel...

Quem se lixa é o mexilhão...

deixado a 26/5/12 às 21:36
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador