Sexta-feira, 13 de Julho de 2012
por Miguel Cardina

 

Percebemos o poder de um político olhando para a sua capacidade de resistência. Miguel Relvas, por exemplo, está a cozer em lume brando há longos dias e tem-se revelado dono de uma espessa carapaça. Não admira, sabendo como se sabe que congrega no partido e fora dele um poder fáctico superior ao de Passos Coelho. Mas há sempre um limite. E ele parece estar a ser atingido com as declarações incomodadas de gente de direita, como Bagão Félix, com a notícia de que a PGR está a investigar o caso, e com a persistência do assunto nas ruas e nas redes sociais. Já é seguro afirmar-se que Relvas fez mais pelo anedotário nacional do que uma fornada de praticantes lusos da stand up comedy. O problema aqui é que o caso não é para rir. Deve ter sido por isso que Passos Coelho resolveu enfiar o governo todo na panela, com a evidente esperança de assim fazer baixar a temperatura. Até quando?


por Miguel Cardina
link do post | comentar | partilhar

3 comentários:
MetroidSamus
Se a PGR está a investigar, podemos ter a certeza que o Relvas tem que se pôr a pau. Ali não se brinca como se tem visto estes anos.

deixado a 13/7/12 às 20:12
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador