Quinta-feira, 9 de Agosto de 2012
por Sérgio Lavos

Um bom texto de Nuno Serra no Ladrões de Bicicletas sobre a política de saque aos mais desfavorecidos levada a cabo pelo Governo PSD/CDS:

 


"No primeiro trimestre de 2012 entraram na Segurança Social, em média, 12 mil processos de RSI por mês. Em 2011 esse valor situava-se em cerca de 8 mil e, no último trimestre desse ano, em 9 mil. Nada que surpreenda: por um lado, as «políticas activas de desemprego» levadas a cabo pela actual maioria PSD/PP geraram, em apenas um ano, 140 mil novos desempregados; por outro, com a degradação das condições de acesso ao subsídio de desemprego (em prazos e montantes), o número de desempregados que perderam o direito a esta prestação aumentou sem cessar (de cerca de 404 mil para 473 mil entre Junho de 2011 e Junho de 2012). Sendo mais do que previsível, o acréscimo de processos de RSI entrados não se traduziu, contudo, num aumento proporcional do número de beneficiários desta prestação (apenas cerca de mais 15 mil, no mesmo período).

Comprometido com cortes substanciais nas despesas sociais, Pedro Mota Soares viu-se pois a braços com a necessidade de conter os encargos orçamentais com o RSI, prestação a que a direita dedica um ódio particular. Em vez de reconhecer o que seria expectável, para quem defende a «ética social na austeridade», isto é, o reforço financeiro da medida dado o aumento de cidadãos em situação económica que os deveria tornar elegíveis para a receber, Pedro Mota Soares decide fazer o contrário: aperta ainda mais as regras de acesso e fiscalização da prestação, esforçando-se assim - tanto quanto pode - para manter a imagem de que o RSI é um puro «subsídio à preguiça» e fonte inesgotável de «fraudes e abusos».

Os dados, porém, desmentem sistematicamente esta deliberada mistificação. Se olharmos para o relatório mais recente da CNRSI, de Junho de 2011 (isto é, muito antes do reforço do cerco persecutório e populista montado aos beneficiários do RSI pelo actual governo), verificamos que dos 642 mil processos entrados e avaliados no primeiro semestre de 2011, cerca de 40% foram indeferidos ou arquivados (o que demonstra que o crivo é, logo à partida, muito relevante).

Mas mais interessante ainda é constatar os motivos de cessação da prestação no mesmo período: a maior parte ocorre por alteração dos rendimentos (52%) e as situações de provável «fraude e abuso» (incumprimento do programa de inserção, falsas declarações, falta à convocatória do IEFP, recusa do plano pessoal de emprego ou posse de património mobiliário superior ao limite) representam apenas 10% do total de processos cessados (clicar no gráfico para ampliar).


Não, nem o RSI é um alfobre de «fraudes e abusos» nem o governo se pauta por qualquer espécie de «ética social na austeridade». Mas sim, e apenas, por uma repugnante e inesgotável miséria moral."


por Sérgio Lavos
link do post | comentar | partilhar

41 comentários:
Sérgio olha esta outra.

A Câmara de Abrantes que até 2009 foi governada por Nelson Carvalho (PS) comprou um terreno por 1 milhão de euros para fosse lá instalada a fábrica RPP Solar.

Ora acontece que a Câmara de Abrantes vendeu o terreno ao sr Alexandre Alves por 100 mil euros. 10 vezes menos.

Adivinhem lá quem iria ser um dos directores da dita empresa ? Ora lá está, o tal ex presidente da câmara.
A actual presidente (PS) também não vê qualquer problema nisto.

Agora o governo decidiu não avançar com o projecto e o dono no projecto claro que vai ficar com o terreno e claro que todos os Portugueses ficaram a arder com 900.000 euros !!!!

Resta dizer que o dono da empresa RPP Solar é um conhecido empresário ligado o PCP.

ó Bolota, tás a ouvir ??? Um empresário corrupto, ligado ao PCP !!!!!!!!!!!

deixado a 9/8/12 às 16:34
link | responder a comentário | discussão

Anónimo
és fraquinho..

deixado a 9/8/12 às 17:19
link | responder a comentário | início da discussão

Slint
Sim eu vivo em Abrantes há um ano e isso é verdade, acho estranho ter demorado tanto tempo a chegar ás noticias.
Mas não deixa de ter piada...aposto que estás a esfregar as mãos de contente!
YEAAAAHHH UM EMPRESÁRIO LIGADO AO PCP QUE É CORRUPTO
Como se isso apagasse o sem número de corrupção dos partidos que tu tanto veneras, PS/PSD/CDS.




vem aqui ao Seixal que temos muitos para a troca !!!


E ali em Almada há outros tantos !


Bonifacio Milhoes

Estas a brincar com o fogo!
estas mais perto do que pensas.

deixado a 9/8/12 às 23:11
link | responder a comentário | início da discussão

Bonifacio Milhoes

Estas a brincar com o fogo!
comeca a contar a partir..................de agora!


és muito fraquinho....

deixado a 10/8/12 às 11:47
link | responder a comentário | início da discussão

Osgas,

Ligado tens tu a caixa do pitolitos.
Mesmo admitindo que Alexandre Alves é um cumunista encartado... claro que nada melhor que fazer valer os elevados interesses do estado desencantado um comuna corrupto...

Mas já agora espreita aqui:
http://www.agenciafinanceira.iol.pt/empresas/rpp-solar-alexandre-alves-paineis-solares-abrantes-energia-solar-aicep/1366677-1728.html (http://www.agenciafinanceira.iol.pt/empresas/rpp-solar-alexandre-alves-paineis-solares-abrantes-energia-solar-aicep/1366677-1728.html)

 

Já agora, se ele é o " Barão Vermelho " eu sou o Duque...Vermelho por dentro e por fora, até o sangue , já que o teu deve é laranja azulado.



Não atines não

deixado a 9/8/12 às 22:00
link | responder a comentário | início da discussão

Rui Meireles
Alexandre Alves esteve hoje na SIC a responder a muitas destas perguntas e a algumas insinuações feitas pela Zita Seabra ontem nessa estação...

Quanto à cedência da Câmara no que toca ao terreno é uma questão de ler o Público:

||"Não é linear que assim seja”, disse à Lusa Maria do Céu Albuquerque (PS), a propósito da rescisão do contrato de investimento de 1050 milhões de euros, destinados à construção de um complexo de unidades fabris de painéis fotovoltaicos (http://economia.publico.pt/Noticia/estado-rompe-com-apoios-a-megafabrica-de-paineis-solares-em-abrantes_1558048), naquele concelho, e que deveria criar 1800 postos de trabalho directos.


O projecto, liderado pelo empresário Alexandre Alves (antigo líder da FNAC-Fábrica Nacional de Ar Condicionado), foi aprovado em 2009 como projecto de interesse nacional (PIN). O contrato assinado em Junho do ano seguinte previa que a RPP Solar recebesse do Estado 128 milhões de euros no âmbito do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional).

Rejeitando pronunciar-se sobre se acredita ou não na conclusão do projecto, a presidente da Câmara de Abrantes diz que, “apesar de tudo e olhando para os factos, está concluída a construção da primeira fase da fábrica”, um empreendimento que Maria do Céu Albuquerque gostaria de ver concluído, “a bem da região e do país”. Uma parte da nova unidade começou a ser construída, mas os trabalhos pararam e ficaram por concluir já há muitos meses.

A autarca critica o “desinvestimento por parte do Governo na actual conjuntura”. E enquadra a rescisão do contrato no âmbito da “Operação de Limpeza” do QREN levada a cabo pelo Governo.

Os terrenos de 82 hectares destinados ao complexo fabril pelos quais a câmara municipal tinha pago no total um milhão de euros foram adquiridos pelo empresário por 100.000 euros em 2009, quando à frente da câmara estava o socialista Nélson Carvalho, indicou na altura o Correio da Manhã.

Atendendo à “natureza e dimensão do projecto e às mais-valias para o desenvolvimento da região”, a câmara proporcionou ao investidor “condições de excepção na aquisição do terreno e isenção de taxas”, justificou Maria do Céu Albuquerque. Se o projecto não for cumprido, acrescentou, a Câmara de Abrantes “reserva-se no direito de tomar as diligências que considerar mais adequadas, dentro das normas legais em vigor e tendo em vista a salvaguarda do interesse público”.

Segundo Alexandre Alves, o atraso verificado ao nível da execução do projecto deve-se, em parte, à crise que toda a Europa tem vivido e que tem dificultado o acesso à banca por parte dos investidores, tendo hoje reiterado a continuidade do projecto.

A presidente da Câmara de Abrantes disse, por sua vez, não ter dados e informações suficientes por parte do investidor para poder dizer se o projecto vai ser concluído ou não. “Aguardo pela marcação de uma reunião com o empresário para poder ter acesso a dados mais actualizados e concretos, nomeadamente no que respeita a objectivos e calendarizações”, concluiu.

No local, na freguesia de Concavada, perto da Central Termoeléctrica do Pego, na margem sul do Tejo, já estão ocupados 30 mil metros quadrados, que representam a primeira fase de um total de 160 mil metros quadrados. Estão assim concluídas as obras de construção de duas fábricas aptas para albergar seis linhas de produção capacitadas para gerar um total de 859 megawatt de electricidade. Estão também terminados os escritórios e dois auditórios.||



O que ficou claro é que o projecto irá avançar e o investimento recusado pela CGD foi aceite por alemães e é utilizada tecnologia Siemens...Já agora a fábrica prevê-se ir criar 1800 postos de trabalho directos...Quanto à insinuação da Zita -ontem vermelha hoje laranja- Alves disse que a FNAC -a tal que fazia ar condicionado com escutas- era financiada por Alemães e por Americanos...



em 1º lugar agradeço a informação Meireles

Em 2º lugar já não é a 1ª vez que oiço falar nessa história da FNAC

Isto faz-me lembrar o tonto do Cavaco o ano passado com a história das escutas.

Em relação à Zita Seabra eu acredito piamente no que ela costuma dizer. Já quando ela falou sobre a formação dos verdes todos ficaram a saber para que serve o partido verde por fora e vermelho por dentro.

Com tanta história começo a achar que o pcp afinal é um partido bem mais perigoso do que aparenta. E afinal não são só tolinhos com ideias idiotas.


Anónimo
tu és um idiota com ideias tolinhas, por isso completam-se..

deixado a 13/8/12 às 17:41
link | responder a comentário | início da discussão

JEM
Quando olho para o gráfico, vejo uma forte inflexão na curva de beneficiários do RSI no início de 2010, com uma queda muito relevante. A curva mantém uma trajectória ascendente, ainda que moderada, em 2012.

Olhando para o gráfico diria que o aperto às regras de acesso (não avalio se justas ou injustas) se deu no início de 2010.

Também noto que de 2006 até ao 1º Trimestre de 2011 o desemprego aumentou em mais de 50%duplicou, de 450 para 700 mil (em 2012 apenas segue a tendência da curva). Será a isto a que chamam a "política activa de desemprego".

O que lhe parece?

deixado a 9/8/12 às 16:55
link | responder a comentário | discussão

João de Sousa
Se o JEM está à espera que seja o Sérgio Lavos a defender o período que medeia o PEC I e a entrada da direita no poder, desengane-se.
Mas não queira, ao mesmo tempo, tornar equivalentes os danos (e as intenções danosas) entre o governo anterior e o actual. Só para sermos sérios, ok?


Rafael Ortega
" não queira, ao mesmo tempo, tornar equivalentes os danos (e as intenções danosas) entre o governo anterior e o actual."

Pois não. Se o outro não tem sido travado a tempo a esta hora já se estava a construir o TGV...


JEM
Caro Rafael, creio que estaria a falar dos 120 milhões pagos a mais pelo negócio dos Puma (davam para pagar 3 meses de RSI a todos os beneficiários). A algum bolso foram parar. Acho que isto é que são as intenções danosas a que o João de Sousa se refere.

deixado a 9/8/12 às 23:10
link | responder a comentário | início da discussão

JEM

off-topic

Para quando um post sobre a sucessão no BE?

Ouvi dizer que os maoistas e os trotskistas não se entendem!!! Coisa rara...

E que a Catarina Martins vai ser a líder!!! (esta notícia é digna do inimigo público)

Sérgio Lavos, porque não avança?

deixado a 9/8/12 às 18:10
link | responder a comentário | discussão

Alexandre Carvalho da Silveira
A Catarina Martins tem um largo e brilhante futuro à sua frente. Na ansia de atacar o governo, está na TVI a defender que a CGD devia meter mil milhões de euros nas mãos de José Roquete, só pela linda cor dos olhos dele. E pior, acha que o governo se deve imiscuir na vida interna da CGD, dando ordens à respectiva admnistração, dizendo-lhe a quem deve emprestar dinheiro mesmo sem garantias nenhumas. 
Temos ali uma digna sucessora do Vara. Ainda havemos de a ver, a ela ou à Aiveca, defender que a CGD deve perdoar a divida do Berardo!


Oh oh, o nosso alexandrinho a falar do vara, como se ele não fosse do meu partido de algumas figuras da nossa vida nacional.Uns que roubam o estado eos bancos até dizer chega.Foi o oliveira ecosta, que levou o banco aonde ele chegou, foi o dias loureiro com aquele negocio de porto rico do qual diz ele nao se lembra(aquele libanes foi preso), é duarte lima(operacao monte branco,assasinato da rosalina,bpn).É antonio preto com a mala do dinheiro,é alberto joao jardim.Quando é que estes fulanos vao ser julgados?
Alexandre, se fosses um homem decente nao falavas de curropção.Cheira um bocado mal quando fazes isso sabes? Se o ps tá cheiode porcaria, o psd também está.E se há aprendizes de vara,também há aprendizes de oliveiras e costas e etc.

deixado a 9/8/12 às 21:13
link | responder a comentário | início da discussão

Lmebro-me tanto do favor que o teu partido fez ao socrates durante 3 anos.Aprovando as politicas dele.Andando em lutas entre menezistas e cavaquistas.Um saco de gatos o psd


JEM
Confesso-lhe que não percebi o seu comentário.


Mas de qualquer das formas esclareço-lhe que não tenho partido. Apoio um clube de futebol, mas não apoio nenhum partido.


Nem de direita é?
voce percebeu o que eu disse.Mas se nao percebo, eu digo por outras palavras: se quer falar de discussoes no bloco, fale tambem de outras que acontecem na direita

deixado a 10/8/12 às 02:15
link | responder a comentário | início da discussão

Anónimo
mas defendes sempre com afinco o dias loureiro, o catroga, o cavaco, o duarte lima, o paulinho das feiras, o ferreira do amaral, o nobre guedes.
porque será?


JEM
É falso. Copie um único comentário meu a defender alguma dessas figuras. Caso contrário, assuma que estava a mentir.

deixado a 14/8/12 às 00:06
link | responder a comentário | início da discussão

ste ano mais 263 trabalhadores do Estado vão entrar na reforma com pensões acima dos quatro mil euros, noticia o Correio da Manhã.

Os dados da Caixa Geral de Aposentações, que contabilizam os funcionários públicos que se reformaram desde o início do ano até Setembro, incluindo os que passam à reforma nesse mês, apontam para 208 trabalhadores do Estado com pensões acima dos quatro mil euros e 55 com reformas superiores a cinco mil euros.

A pensão mais alta é a de um chanceler dos Negócios Estrangeiros, que se aposentou em Junho com 6 975 euros.


deixado a 9/8/12 às 18:20
link | responder a comentário | discussão

Alexandre Carvalho da Silveira
É a esses que o Gasparinho tem de ir buscar o dinheiro em 2013: para os funcionarios publicos aposentados, tudo quanto seja acima dos 1500 euros, reverte para a redução do defice. Juizes, magistrados, profs universitarios,  funcionarios do Banco de Portugal, dos ministérios, da CGD e das empresas publicas, vai tudo a eito. 
1500 euros por mês vezes 14, chega muito bem!

deixado a 9/8/12 às 18:39
link | responder a comentário | início da discussão

Cunha,


Estás a dar-me mais um exemplo em que este Governo mostra que é "forte com os fracos e fraco com os fortes", é isso? Ou achas que estas pensões milionárias vão ser cortadas? Nem pensar. Se gente como o Catroga, o Dias Loureiro e o próprio Cavaco estão neste grupo, é coisa em que o Governo não irá tocar. 


MAs é a esses mesmos que temos de cortar.


Nesses juízes jubilados e outros FP que mamam belas pensões às custas dos desgraçados que trabalham 12 horas por dia !


Bonifacio Milhoes

Estas a brincar com o fogo!
vais levar na corneta.

deixado a 9/8/12 às 23:12
link | responder a comentário | início da discussão

Anónimo
trabalhar 12 horas por dia não é certamente contigo. a não ser que o teu trabalho seja teclar disparates online.

deixado a 13/8/12 às 17:43
link | responder a comentário | início da discussão

JEM
Estas pensões iam ser cortadas em 15%. Mas o TC não deixou (por uma questão de ... igualdade). E os partidos de esquerda aplaudiram.

deixado a 9/8/12 às 23:16
link | responder a comentário | início da discussão

Como se ele não o soubesse...  

deixado a 9/8/12 às 23:26
link | responder a comentário | início da discussão

Observatório Da Esquerda Fracturante
O problema do RSI é que parte significativa dos beneficiários tem rendimentos que escapam ao controle do estado. É o caso, claramente, dos ciganos, que pouco declaram ao fisco dos proventos das suas actividades como feirantes, o que faz com que logo à partida a frase "a maior parte ocorre por alteração dos rendimentos (52%)" não se lhes possa aplicar, por não haver controle nenhum sobre os seus rendimentos. Este problema da não declaração de rendimentos para efeito de RSI e IRS não se restringe aos ciganos, mas é bastante acentuado nessa comunidade, quando feita a comparação com o resto da população.

deixado a 9/8/12 às 18:50
link | responder a comentário | discussão

Amigo, só se o pessoal guardar o dinheirinho por baixo da cama (e mesmo assim). Os beneficiários não têm direito ao sigilo bancário que implica que à mínima dúvida sobre os rendimentos do beneficiário um qualquer chefe administrativo pode "verificar" o seu extrato. Claro, isto é o contrário do que é aplicado aos beneficiários do rendimento máximo garantido. Estes, têm um sigilo bancário à prova de lei.

deixado a 9/8/12 às 20:14
link | responder a comentário | início da discussão

Anónimo
e essa tua teoria é baseada em quê?
onde é que estão os números que te permitem saltar para essas conclusões? ou isso é apenas baseado na tua cabeça?

deixado a 9/8/12 às 21:52
link | responder a comentário | início da discussão

Slint
Muito se fala em relação ao RSI...Nunca vejo é o pessoal queixar-se dos Almirantes, Tenentes, Coroneis, Generais etc. etc. do Exército em Portugal que fazem/contribuem/trabalham tanto como um beneficiário do RSI e ganham em alguns casos bem acima do 10.000€ mensais. Esses é que são os verdadeiros ciganos!!!
Outro cigano neste país é o Governador do Banco de Portugal, faz 0!
E a lista continua...os verdadeiros ciganos eu sei bem quem eles são! os outros ciganos que ganham 300€ ou 400€ de RSI não são nada comparado com os outros ciganos da extrema direita.

deixado a 9/8/12 às 22:02
link | responder a comentário | discussão

és mesmo sectário e burro !!!!


pela tua maneira de pensar não há Almirantes, Tenentes, Coroneis, Generais  de esquerda !!!!


Os que andam a fazer barulho e querem greves e sindicatos são o quê ? Do PNR ???


Bolas que a cegueira ideologica e mesmo fodida !


José Peralta
Cunha

Cuidado com afirmações dessas, das "cegueiras ideológicas" serem fodidas...

Olha que o "efeito boomerang", às vezes também é...

Desculpa lá, não tenho a pretensão bacoca de dar conselhos a ninguèm...


 

deixado a 9/8/12 às 23:22
link | responder a comentário | início da discussão

JEM
Exactamente. O Vasco Gonçalves e seus amigos.

deixado a 9/8/12 às 23:19
link | responder a comentário | início da discussão

Observatório Da Esquerda Fracturante
Ora bem....vamos lá analisar a composição dos orgaos sociais da AOFA:

http://www.aofa.pt/index.php?menu=1&pag=8

Entre vários outros esquerdistas encartados, saliento estes dois:

Vasco Correia Lourenço (presidente da Associação 25 de abril)

José Carlos Alvarez Tasso de Figueiredo (antigo número 2 ou número 3 de Otelo Saraiva de Carvalho no COPCON, em 1975)

O presidente, Almirante José Castanho Paes, sendo um esquerdista menos conhecido do que estes dois, não lhes fica a dever nada em esquerdismo e 25 abrilismo.

Mas tens razão quando os classificas de parasitas....não são é parasitas de direita. São parasitas assumidamente de esquerda!

deixado a 9/8/12 às 23:31
link | responder a comentário | início da discussão

Muito obrigado senhor Sérgio Lavos por existir.
Hoje, sem querer, trouxe-me mais um momento de humor.
É o CNRSI.
Fui ver.
É composto por 17 entidades ou seja 17 senhas de presença com membros tão ilustres como o CGTP (ora pois), Associação Nacional de Freguesias, Governos da Madeira e Azores, Ministério da Educação (que raio farão ali), União das Misericórdias Portuguesas, União das Mutualidades Portugueses etc e tal.
Que salganhada.
Quando é que estes patuscos se encontram para reunir e "deliberar".
Bem em 2008 reuniram 4 vezes e nada mais se sabe até hoje.
Mais uma Comissão que devia ser extinta ontem.
E ainda devem ter secretariado, um ou dois carros e viagens e sei lá subsídio de deslocação?
Só eu não arranjo um tacho assim.

 

deixado a 9/8/12 às 23:37
link | responder a comentário

JEM
Da primeira amostra de 79 beneficiários de RSI que foram chamados para prestar serviço comunitário, 22 recusaram-se a trabalhar, 28%.


Dá que pensar.


http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/rsi-22-recusaram-trabalhos-propostos-pela-camara-do-porto (http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/rsi-22-recusaram-trabalhos-propostos-pela-camara-do-porto)

deixado a 9/8/12 às 23:56
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador