Quarta-feira, 28 de Junho de 2006
por Daniel Oliveira
«No fundo, o que Vital Moreira está a defender é que a liberdade sindical só é possível se o sindicalismo for pago pelo patrão e se for exercido no tempo do patrão» diz João Miranda criticando a posição de Vital Moreira que, por sua vez, critica os sindicatos dos professores por excesso de dispensas mas, ainda assim, defendendo que elas devem existir. Um diz mata e outro esfola o que diz mata. «Tempo do patrão», é assim que João Miranda defende que se deve chamar ao nosso horário de trabalho. O tempo não é nosso. Não é da empresa. Não é do trabalho. É do patrão. Como nós. Somos do patrão. Felizmente o patrão não é João Miranda.

por Daniel Oliveira
link do post | partilhar

juca
Sr. Oliveira, parece-me que dei isso a entender no comentário que fiz: "Tal como o trabalhador tem liberdade para mudar de trabalho ou para não escolher qualquer sindicato para se filiar". Sou a favor da liberdade total, ou seja, de patrões e trabalhadores, não só dos trabalhadores.
Ás vezes parece que as empresas são obrigadas a dar emprego em vez de trabalho.

deixado a 28/6/06 às 15:55
link | responder a comentário

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Email

Password


Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador