Domingo, 8 de Outubro de 2006
por Daniel Oliveira
João Miranda costuma explicar-nos, através de máximas pedagógicas, como as leis do mercado determinam tudo. No entanto, há uma coisa que me escapa: João Miranda escreve no Blasfémias sem receber nada em troca, para ser lido gratuitamente. Para justificar este estranho fenómeno do mercado, só há três hipóteses:

1 – Havendo várias pessoas que recebem para escrever, concluímos que João Miranda tem valor de mercado nulo. João Miranda é um fenómeno antieconómico que sobrevive por um processo de voluntarismo socializante.
2 – Os textos de João Miranda não têm valor de mercado nulo mas podem ser fornecidos gratuitamente porque são de alguma forma subsidiados. Escrevendo João Miranda de borla, e sendo, no entanto, o tempo e o talento bens escassos, outro tipo de actividades profissionais de João Miranda pagam esta sua escrita, sem que isso tenha qualquer beneficio para quem lhe paga. Ou seja, João Miranda fornece por custo zero porque alguém, que não os seus consumidores, paga esse custo. Se João Miranda trabalhar para o Estado, então concluímos que o subsidio é público. Seja como for, João Miranda é um fenómeno de distorção do mercado.
3 – João Miranda está a tentar valorizar a sua opinião, para que possa vir a rentabiliza-la. Os seus textos são um investimento.

O meu caso (ou de Helena Matos, Rui Tavares ou Pacheco Pereira) é absolutamente diferente. Escrevemos noutros lugares e os rendimentos recbidos permitem escrever gratuitamente em blogues. Poderá dizer-se que fazemos aqui concorrência aos produtos que o “Expresso” e o “Público” nos compraram para vender. Mas também podemos dizer que ao fornecer gratuitamente produtos similares aos que comercializamos estamos a criar novos mercados para os nossos produtos. É aceitável, do ponto de vista das regras do jogo. Mas João Miranda não está no mercado. Não vende produtos. A sua situação só é compreensível se a terceira hipótese for verdadeira. Se assim não for, ou rentabiliza o seu blogue ou revê todos os seus princípios.

PS – Esta distorção de mercado é extensível a todos os neo-liberais que gratuitamente escrevem em blogues.

por Daniel Oliveira
link do post | comentar | partilhar

24 comentários:
Camisa
Este post nem tem ponta por onde se lhe pegue! Distorção de mercado? Isto é a tal coisa que escapa sempre aos esquerdistas preocupados com a populaça desgraçadinha nas mãos dos vorazes capitalistas. É que para os esquerdistas a solidariedade só existe por decreto (estatal claro está!), daí que não consigam compreender porque é que os EUA são o país com maior número de fundações privadas dedicadas à ajuda e solidariedade com os mais desfavorecidos, daí que não compreendam que nem todos os bens e actividades têm expressão monetária. Para os que escrevem blogues gratuitamente certamente o prazer de partilhar e discutir as suas opiniões terá um valor (não monetário!) superior ao ficar quieto sem o fazer. TUDO está expresso em valor que pode ser monetário ou não. Mas pelos vistos os esquerdistas só escrevem em blogues porque há alguém que paga o "custo"... Que confusão por outro lado com "João Miranda fornece por custo zero porque alguém, que não os seus consumidores, paga esse custo" lol QUEM PAGA O CUSTO É O JOÃO MIRANDA! Podia estar a fazer outras coisas em vez de estar a escrever em blogues, mas resolve pagar o custo pois espera um retorno maior que esse custo. E essa ligação de que é o empregador do João Miranda que paga o custo????? LOL Isso é equivalente a dizer que é o empregador do João Miranda que lhe paga a renda da casa, os bilhetes do futebol etc. POIS CONCERTEZA QUE O DINHEIRO DO JOÃO MIRANDA PROVÉM DAS SUAS ACTIVIDADES mas não há aqui uma relação directa entre o salário pago pelo empregador e O DESTINO QUE CADA UM FAZ DESSE SALÁRIO! Enfim, há aí que fazer amigo Daniel! Toca a ordenar melhor esses conceitos!!!

deixado a 12/10/06 às 12:42
link | responder a comentário

Daniel Oliveira
Eu discuto com João Miranda, gozo com João Miranda. Só prova que não o acho insignificate. Já ao seu comentário...

deixado a 11/10/06 às 03:20
link | responder a comentário

Anónimo
Caricato: João Miranda é tão insignificante que o autor deste blog perde tantas linhas a expor a sua teoria de que João Miranda é insignificante.
Isto parece-me mais um caso clinico de grave dor de cotovelo.

deixado a 10/10/06 às 16:27
link | responder a comentário

ze
a resposta é obvia , num portugal liberal viviamos muito melhor , mais riqueza , melhores ordenados , melhores lucros .... para todos ,e claro para o João Miranda e tambem por incrivel que pareça para o autor deste post que gostaria que portugal escolhesse o oposto do liberalismo . o que move o Jão Miranda é uma vida melhor , já o autor deste post é a inveja do que os outros teem .

deixado a 9/10/06 às 19:38
link | responder a comentário

Mentat
Esqueceu-se duma hipótese e logo a única certa :

O JM é pago pela CIA.
Santa ignorância...
.

deixado a 9/10/06 às 15:39
link | responder a comentário

Presumo que é a primeira vez que comento um texto seu, mesmo que o leia com alguma regularidade.

Mas não posso estar de acordo e, de qualquer maneira, a minha opinião nunca terá peso.
Será só, e apenas, para que conste.

O mínimo que lhe posso olvidar são bons rendimentos pela vida fora.

deixado a 9/10/06 às 14:56
link | responder a comentário

O Daniel não entende o mercado. As trocas num mercado podem não implicar apenas activos financeiros. Na maioria dos mercados até nem sequer existe essa troca. Isso já foi explicado imensas vezes.
O blogger dispõe do seu tempo a troco de algumas recompensas pela sua escrita. Estímulo intelectual, prestígio, afirmação pública são apenas três das recompensas que se obtém por escrever num blog, sendo que nenhuma delas é financeira.

deixado a 9/10/06 às 12:36
link | responder a comentário

Muito bem visto. Ainda não parei de rir....

Ainda bem que não sou neo-liberal...

deixado a 9/10/06 às 11:59
link | responder a comentário

Luís Lavoura
Excelente. Fartei-me de rir.

Isto é o bom velho Daniel do Barnabé.

deixado a 9/10/06 às 10:28
link | responder a comentário

ezer
Quem é o João Miranda?

deixado a 9/10/06 às 09:21
link | responder a comentário

Comentar post

pesquisa
 
TV Arrastão
Inquérito
Outras leituras
Outras leituras
Subscrever


RSSPosts via RSS Sapo

RSSPosts via feedburner (temp/ indisponível)

RSSComentários

arquivos
2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Contador